Menu
SADER_FULL
sexta, 5 de março de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
100 VACINAÇÃO

Movimentos 'derrubam' vacinação em Dourados

A pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19) refletiu de forma negativa em praticamente todos os setores.

5 Nov 2020 - 07h46Por Dourados Agora

A pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19) refletiu de forma negativa em praticamente todos os setores. Em outubro, a campanha de vacinação contra a Poliomielite, doença que pode causar a paralisia infantil, ficou bem prejudicada, visto que a expectativa era imunizar 12 mil crianças entre um a cinco anos em Dourados, e esse número passou longe até da metade.

Apenas 4 mil crianças foram imunizadas e essa baixa adesão se deve primeiramente à pandemia, à onda ‘fique em casa’ e os movimentos antivacina, segundo afirmou o diretor do Núcleo de Imunização de Dourados, Edvan Marcelo. "O número de crianças vacinadas em Dourados, este ano, está baixíssimo e isso pode ser atribuídos a fatores como a própria pandemia da Covid-19, o movimento fique em casa, que fez muita gente ter medo de sair de casa, e outros movimentos que levantam bandeiras contra as vacinas", disse à reportagem.

O diretor também alertou para a reintrodução dessa e de outras doenças no Brasil, como o Sarampo, caso as pessoas se vacinem cada vez menos. "Não procurar os postos de saúde, se imunizar de doenças que o Brasil já venceu, pode fazer com que tenhamos esses vírus circulando novamente na sociedade, e ao invés de termos uma pandemia [Covid-19], poderemos ter duas, três ao mesmo tempo", pontuou Edvan.

O Ministério da Saúde não prorrogou a campanha de imunização contra a Pólio, mas deu liberdade para que os municípios assim fizessem. Dourados é um deles. Prorrogou e os postos de saúde continuam aplicando as doses até 30 de novembro. Adolescentes que precisam atualizar a caderneta de vacinação também podem procurar unidade de saúde, assim como os adultos entre 20 a 49 anos, que precisam tomar a dose contra o Sarampo.

A reportagem destaca que apenas três postos de saúde não estão vacinando em Dourados, já que são referências para atendimento à Covid-19: Vila Cachoeirinha, Vila Índio e Santo André. As unidades localizadas nos sete distritos também seguem aplicando as doses.

Em nota técnica enviada à imprensa, o Núcleo de Imunização afirma que, "A Secretaria Municipal de Saúde de Dourados entende a importância das campanhas de vacinação e, em reunião entre os departamentos de Vigilância em Saúde e Atenção Primária a Saúde, decidimos manter até 30 de novembro de 2020, as campanhas de vacinação contra a Poliomielite".

Deixe seu Comentário

Leia Também

AQUISIÇÃO DE VACINA
Vicentina e 10 cidades do MS aderiram a consórcio para compra de vacina contra Covid-19
BOLETIM CORONAVÍRUS EM MS
Mulher de 39 anos está entre os óbitos das últimas 24h em Mato Grosso do Sul, veja o boletim
VAMOS PREVENIR
Igreja Adventista vota documento com orientações sobre cultos e reuniões
MS EM DESTAQUE
MS é o estado que mais aplicou as duas doses da vacina contra a Covid-19
NAVIRAI - 76 MORTES
Naviraí tem quinze dias de medidas restritivas e lockdown em dois fins de semana
CORONAVAC
Sexta remessa de vacinas são entregues nesta quinta pelas forças de segurança
ALERTA AOS JOVENS
O que está por trás da alta das internações de jovens com covid
BRASIL EM PÂNICO
Brasil tem novo recorde de mortes por covid em 24 horas: 1.910
Coronel Adib Massad, durante uma das visitas à Dourados. (Foto: Arquivo/O Progresso) LUTO NO MS
Morre aos 91 anos o coronel Adib Massad, lenda da segurança nas fronteiras de MS
100 TRÉGUA
Brasil registra 1.726 mortes em 24 horas e bate novo recorde na pandemia; total chega a 257,5 mil