Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 2 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
PANDEMIA CORONAVIROS

Mais de 40% das cidades de MS estão em calamidade por pandemia

Com 53 casos, Ivinhema foi último município a ter reconhecimento da situação

6 Jul 2020 - 14h21Por Correio do Estado

Dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, 36 já tiveram o reconhecimento do estado de calamidade pública devido à crise causada pela pandemia de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus), o que representa 45,56% do total. Na semana passada, a Assembleia Legislativa do Estado (Alems) reconheceu a situação em Ivinhema.

Em ofício encaminhado à Casa de Leis, o prefeito da cidade, Eder França Lima, o Tuta (PSDB), alega que o isolamento social impactou as atividades do comércio e do setor de serviços e consequentemente a movimentação econômica.

“Assim, consideramos ser medida de ajuste orçamentário fiscal, diante da responsabilidade em decorrência do pagamento de despesas de manutenção da máquina pública, como é o caso da saúde, educação, segurança, dívida fundada, salários, não nos resta outra alternativa, uma vez que perdurando o estado de emergência instaurado, uma queda maior da arrecadação será inevitável, provocando o colapso fiscal e o não cumprimento das metas orçamentárias”, argumentou Tuta.

Ainda falta a publicação no Diário Oficial da Alems para o reconhecimento. Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Ivinhema tem até este domingo (5) 53 casos confirmados.

Já estão oficialmente em calamidade os municípios de Água Clara, Anaurilândia, Aparecida do Taboado, Aquidauana, Aral Moreira, Batayporã, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Cassilândia, Campo Grande, Chapadão do Sul, Costa Rica, Deodápolis, Douradina, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Jardim, Juti, Laguna Carapã, Miranda, Naviraí, Paranaíba, Pedro Gomes, Ponta Porã, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Santa Rita do Pardo e Sidrolândia.

Ribas do Rio Pardo, com 19 casos, também pediu reconhecimento da calamidade e o projeto de decreto legislativo aguarda votação.

 
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - UNIGRAN
Estagiários de Fisioterapia da UNIGRAN atendem pacientes pós-Covid-19
CORONAVÍRUS NO MS
Covid-19: governador volta cobrar liberação de "mais vacinas em menor tempo"
MAIS VACINAS CHEGANDO
Ministério da Saúde envia sexta remessa com 27,8 mil doses de vacina contra o coronavírus para MS
COVID-19 EM FATIMA DO SUL
Fátima do Sul registra 09 casos da Covid nas 24 horas; 02 pacientes estão internados
LUTO NO MS CORONAVÍRUS EM MS
Homem de 32 anos está entre as 20 mortes por coronavírus nas últimas 24h em MS
APROVADO NA ALEMS
APROVADO: 'Fura-filas' da vacina podem ser multados em mais de R$ 90 mil em MS
ALERTA OMS
OMS: Hidroxicloroquina não funciona contra Covid-19 e pode causar efeito adverso
FÁTIMA DO SUL - LIVE VACINAÇÃO COVID
EM LIVE: Secretária de Saúde explica sobre vacinas e vacinação da covid-19 em Fátima do Sul
0EDC1309 372D 4384 B081 5776BA30B35B FAKE NEWS
SES desmente fake news e esclarece vídeo de camas hospitalares guardadas no Albano Franco
Foto: Divulgação | Prefeitura de Laguna Carapã COMBATE AO CORONAVÍRUS
Cidade de MS mantém proibição de eventos e até de sinuca para tentar conter avanço da Covid