Menu
SADER_FULL
sábado, 11 de julho de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE

Luan está perdendo movimentos do corpo e precisa de ajudar para fazer exames em MS

A família está desesperada e precisa arrecadar dinheiro para exames

14 Jun 2020 - 09h41Por Topmidia news

Há dois anos, a vida de Luan Francisco de Souza, 32 anos, residente em Campo Grande-MS, mudou radicalmente, já que ele foi diagnosticado com a doença  miastenia gravis. De lá para cá, Luan foi perdendo o movimento do corpo, passou a ficar em uma cama e se alimenta com dificuldade.

De acordo com a esposa, Valdineia Souza de Oliveira, 33 anos, Luan levava uma vida normal, já trabalhou como caminhoneiro e, por último, exercia a profissão de frentista.

“Ele vem tratando, já fez timectomia,  já fez imunoglobulina e faz uso diário dos remédios: 5 mestinon, 80 mg corticóide, 2 micofenalato ao dia. Mesmo com todo esse tratamento, a doença só vem progredindo. Resolvemos trocar de neurologista para uma segunda opinião e a médica disse que não é miastenia gravis, que pode ser esclerose lateral amiotrofica. Ela passou muitos exames, caríssimos, para fazer e não temos condições no momento”, diz a estudante.

Valdinéia afirma que a família está desesperada porque os exames são de urgência. “É triste, tentamos um tratamento, ele não respondeu bem. Estou desesperada e tentando correr contra o tempo pedindo ajuda pra quem puder, temos que fazer esses exames o mais rápido possível”.

Uma vaquinha on-line foi lançada e a meta é conseguir um total de R$ 10 mil. “Entre as despesas e os exames, ficou esse valor total”, diz a esposa.

Para ajudar Luan clique aqui e faça sua doação. Se você quiser doar diretamente para a família, entre em contato pelo (67) 9 9609-6590.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul de luto, acidente no Pará tirou a vida do amigo Jorjão
FATALIDADE
Jovem de 19 anos morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
AÇÕES DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
Parceria da ALEMS e entidades garante a entrega de 40 mil protetores faciais
FÁTIMA DO SUL - CONTINUEM ASSIM
POVO UNIDO: Com isolamento e distânciamento seguidos à 'risca', casos quase zerados em Fátima do Sul
MARMITARIA FAVO DE MEL
Marmitaria Favo de Mel volta a atender normalmente nesta 2ª feira em Fátima do Sul
VÍTIMAS DE COVID-19
Mãe de médico morre horas após o filho e dois dias após o pai, vítimas da covid
CORONAVIRUS NO MS
MS passa dos 12 mil casos de coronavírus e registra 146 mortes pela doença
FÁTIMA DO SUL E VICENTINA
Ruguinhas começaram a aparecer e auto-estima cair?, Botox ajuda agora em Fátima do Sul e Vicentina
VÍTIMA DE COVID-19
Covid tira de cena um dos últimos montadores do carro brasileiro
CRISE
Escolas particulares da Capital podem demitir 5 mil profissionais