Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 9 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
COZINHA SOLIDÁRIA

Igreja e MST criam cozinha solidária para pessoas em situação de rua

No local, mãos generosas produzem cerca de mil refeições todos os dias.

26 Mar 2020 - 13h56Por CNBB NE2

Com a pandemia do novo coronavírus, um espaço para venda de produtos orgânicos de agricultores familiares, o Armazém do Campo, no centro do Recife, se transformou em uma grande cozinha solidária. No local, mãos generosas produzem cerca de mil refeições todos os dias.

As chamadas “Marmitas Solidárias”, preparadas a maior parte delas com produtos doados por agricultores familiares, são destinadas às pessoas que vivem em situação de rua na capital pernambucana. A iniciativa é encabeçada pela Arquidiocese de Olinda e Recife em parceria com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

A entrega das marmitas começou nesta quarta (25) e é feita pela manhã, das 6h30 às 8h, e no horário do jantar entre 17h30 e 20h. A estratégia é suprir a necessidade dos beneficiários que só contam com almoço fornecido no restaurante popular da Prefeitura do Recife.

Todo processo logístico de produção e distribuição dos alimentos é feito seguindo às recomendações das autoridades sanitárias. Voluntários usam equipamentos de proteção individual, como luvas e máscaras, e evitam a aglomeração dos beneficiários.

“Com a diminuição da circulação de pessoas e o fechamento de bares e restaurantes vimos a necessidade de ajudar essa população vulnerável que não têm a quem recorrer”, conta o militante do MST e assessor da Pastoral da Juventude Rural de Pernambuco, Paulo Mansan.

“E o nosso papel qual é? Certamente aquele de estarmos juntos recordando a Campanha da Fraternidade deste ano sobre a solidariedade”, afirma o bispo auxiliar de Olinda e Recife, dom Limacêdo Antonio da Silva. O prelado também é presidente da Comissão Regional Pastoral para a Ação Sociotransformadora da CNBB Nordeste 2.

Como ajudar?

Além do apoio da pastoral dos jovens do campo, o projeto também conta com a ajuda de algumas ONGs e grupos de voluntários que fazem um trabalho permanente de assistência aos que vivem sem abrigo. Chamada de Unificados pelo povo em situação de rua, a turma tem se mobilizado em busca de doações.

De acordo com Paulo Mansan o Marmitas Solidárias funcionará enquanto durar a pandemia do novo coronavírus. Para isso, ele e os organizadores do projeto contam com o apoio da sociedade.

Interessados em ajudar podem sem sair de casa por meio de transferência bancária para a conta da Associação da Juventude Camponesa Nordestina Terra Livre, Banco do Brasil – Agência: 0697-1, Recife. A conta corrente é a 58892-x. O CNPJ da associação é o 09.423.270/0001-80.

Alimentos e produtos de higiene podem ser entregues na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, que fica na Estreita do Rosário, S/N, bairro de Santo Antônio, área central do Recife. O ponto de coleta de doação funciona de segunda a sexta, das 10h às 14h.

A ação também precisa de voluntários. Então, quem estiver disposto a ajudar na preparação e distribuição das refeições podem entrar em contato com Paulo Mansan pelo telefone (81) 99855.3121 ou pelas contas no instagram @armazemdocamporecife e @unificadospsr.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VÍTIMA DE COVID-19 EM MS
Vice-prefeita morre com coronavírus em MS
GLÓRIA A DEUS
Recém-nascido tratado no Hospital Regional vence a Covid-19
VITIMA DA COVID 19
Covid-19 não deixou Wesley ver a filha nascer, mas Dia dos Pais será de muito amor e carinho
COVID-19
Entenda como o Paraguai tem 66 mortes por Covid-19 e o que MS deveria aprender
AUXILIO EMERGENCIAL
Apesar da falta de recursos, governo avalia prorrogar Auxílio Emergencial
CORONAVIRUS NO MS
Estudo prevê que MS deve chegar ao pico da pandemia de coronavírus em 19 dias
VENCEU A COVID-19
Recém-nascido tratado no Hospital Regional vence a Covid-19
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Parceria Estado/Município garante bloco pediátrico e maternidade para Amambai e região
MARMITARIA FAVO DE MEL
Marmitaria Favo de Mel de Fátima do Sul serve combo especial para o Dia dos Pais
FÁTIMA DO SUL - LUTO
Vítima de acidente não resiste e morre, Cida Lima era professora da REME de Fátima do Sul