Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 24 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
CIA DO BICHO
gostaria de aumentar os músculos

Homem morre após aplicar nos braços silicone usado em limpeza de carro

Apesar de ser químico, rapaz injetou 250 ml em cada músculo e sofreu com fortes dores

10 Mar 2014 - 08h27Por R7

O químico Marcos Paulo Batista dos Santos, 33 anos, morreu após injetar silicone industrial nos braços, em Goiânia, Goiás. Apesar de saber os riscos do produto — utilizado na limpeza de veículos, Santos gostaria de aumentar os músculos, segundo familiares.

Santos aplicou 250 ml de silicone em cada membro. Pouco mais de uma hora após aplicação, que ele mesmo fez, o homem começou a sentir fortes dores e foi levado ao Hospital de Urgências de Goiânia (GO). Na ocasião, o médico deu morfina e falou para o jovem voltar para casa. Foram 12 dias de internações até à morte.

A direção do hospital informou que não é possível retirar o silicone industrial, já que o líquido se espalha pelo organismo. Apesar disso, afirmou que tentou de tudo para salvar o rapaz.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALTA NO PREÇO
Bolsonaro diz que alta nos preços dos alimentos é consequência do "fique em casa"
CORONAVIRUS
UFPR confirma que dois cachorros testam positivo para coronavirus
AUXILIO POPULAÇÃO
Ala política defende prorrogar auxílio emergencial, mas Bolsonaro ainda não decidiu
DIAGNÓSTICO COMPROMETIDO
Bolsonaro diz que estados e municípios devem explicar testes de Covid sem uso prestes a vencer
PANDEMIA
Brasil acumula 6,07 milhões de casos e 169 mil mortes por covid-19
COMBATE AO MOSQUITO
Ação estratégica: Governo faz Dia D da campanha "Aproveite a Quarentena e Limpe o seu Quintal"
CULTURAMA CULTURAMA E FÁTIMA DO SUL
Culturama registra mais 02 positivos e chegando a 03 ativos, confira o mapeamento em Fátima do Sul
boletim covid FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
BOLETIM: Mais 05 casos positivos de coronavírus é registrado nas últimas 24h em Fátima do Sul
CORONAVÍRUS EM MS
Em 24 horas, MS registra sete novos óbitos por coronavírus
AUXILIO POPULAÇÃO
Auxílio emergencial é creditado para nascidos em dezembro