Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 25 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
JUNINHO DENTISTA NOVO
Mais Médicos

Governo registra ausência de mais três cubanos no Mais Médicos

11 Fev 2014 - 17h38Por Folha

O ministro Arthur Chioro (Saúde) afirmou, nesta terça-feira (11), que o governo foi notificado da ausência nas atividades do Mais Médicos de outros três médicos cubanos –para além dos dois casos já conhecidos, dos médicos Ramona Rodriguez e Ortelio Jaime Guerra.

O governo publicará, na quarta (12), uma notificação para que esses profissionais se manifestem em até 48 horas para que o governo possa resolver a situação: ou com a volta do profissional ou com seu desligamento.

O ministério não sabe se esses profissionais estão no Brasil, nem tem ideia de seu paradeiro. Os cinco médicos deixaram cidades nos Estados de São Paulo, Pará, Pernambuco, Bahia e Maranhão.

Para Chioro, é preciso tratar os abandonos do programa com "naturalidade".

"Nos últimos dias, de sexta para cá, o Ministério da Saúde foi recebendo comunicações por meio ou das coordenações estaduais ou dos municípios da situação de infrequência de quatro profissionais cooperados [com Cuba], e um deles público [Guerra]", disse o ministro. Na conta, a pasta já não considera o caso de Ramona.

A situação desses profissionais, disse o ministro, é diferente da situação dos outros 22 cubanos que deixaram o programa de maneira formalizada e voltaram para Cuba.

Além dos cinco cubanos, há registros da ausência de 80 médicos brasileiros e cinco estrangeiros que se inscreveram individualmente. Os nomes dos 89 serão publicados no "Diário Oficial" da União desta quarta (12), quando abre o prazo para que todos se manifestem sobre o interesse de permanecer no programa.

Na quinta (13), o governo publica uma consolidação de regras já definidas sobre a identificação de médicos faltosos e do passo a passo para o desligamento desses profissionais do programa.

Chioro negou que haja qualquer restrição de liberdade dos médicos que estão no Brasil, inclusive dos que vieram de Cuba. "Temos convicção que os profissionais estão vindo por absoluta vontade."

Para o ministro, o número de abandonos do Mais Médicos é "muito baixo, insignificante" diante dos pouco mais de 9.500 médicos inscritos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Política
Estado de MS destina novos equipamentos de borrifação aos municípios no combate ao Aedes Aegypti
FÁTIMA DO SUL - NOVO DECRETO
Prefeitura volta a suspender atividades em clubes de lazer e eventos esportivos em Fátima do Sul
100 LEITOS
Alto taxa de ocupação de leitos pede medidas restritivas contra Covid-19
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Reinaldo entrega 420 equipamentos de combate ao mosquito Aedes aegypti e destaca sintonia no combate
1ª PEDALADA MARANATA KIDS
Igreja Adventista do Sétimo Dia realiza a 1ª Pedalada Maranata Kids em Fátima do Sul
Vista aérea de um cemitério em Jacarta, na Indonésia, mostra coveiros com roupas de proteção carregar um caixão com uma vítima de Covid durante a pandemia do novo coronavírus  Foto: Willy Kurniawan/Reuters PANDEMIA ALASTRANDO
Mundo registra maior nº diário de mortes por Covid, e total de vítimas passa de 1,4 milhão
# PROTEJA-SE
Hospital da SIAS de Fátima do Sul faz campanha em prol à saúde
AÇÕES DO GOVERNO MS
Programa estadual financia pesquisa com medicamentos anticâncer
Zezé Di Camargo canta durante velório do pai, Francisco Camargo, em Goiânia  Foto: Vítor Santana G1 TRISTE PARTIDA
Zezé Di Camargo toca sanfona e canta 'É o Amor' durante velório do pai
MS - 1.738 MORTES
Adultos jovens são a maioria dos novos casos de coronavírus no MS