Menu
SADER_FULL
segunda, 30 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
UNIGRAN DOURADOS
Assistência

Estado deve fornecer lata de leite em pó que não consta na lista do SUS a criança alérgica

4 Nov 2013 - 16h45Por Correio do Estado

Em decisão unânime, os desembargadores da 4ª Câmara Cível negaram recurso do Estado de Mato Grosso do Sul e mantiveram liminar concedida em 1º grau, determinando que seja fornecido ao menor L.S.R pelo menos cinco latas mensais de leite Pregomim Pepti até que ele complete dois anos de idade, sob pena de multa diária de R$ 500. A Justiça não divulgou a idade da criança.

O referido medicamento não consta na Relação Nacional de Medicamentos Essenciais, nem se encontra padronizado nos protocolos clínicos relativo à condição de saúde do paciente, não sendo fornecido pelo Sistema único de Saúde (SUS), porém está comprovada a necessidade desse leite em receita e atestado médico.

O produto é indicado para crianças alérgicas a leite de vaca ou soja e é encontrado em lata de 400 gramas em torno de R$ 100.

O Estado alega que é de competência do Município de Naviraí, e pede a reforma da decisão em questão, visto que não foi observada corretamente a interpretação do artigo 198, inciso II, da Constituição Federal e da Lei 12.401/2011, quanto ao principio da integralidade, pois o produto não é fornecido pelo SUS.

Para o relator do processo, desembargador Josué de Oliveira, a saúde é um direito de todos e dever do Estado, União e Municípios e, neste caso, “ante a especificidade do caso, mostra-se admissível que o ente federado seja compelido a fornecer ao paciente a medicação de que ele necessita diante do risco de dano irreparável, não havendo motivo para arguir a obrigação de um ente político ou de outro”. O desembargador manteve o valor da multa estipulada em 1º grau para que o agravante não postergue o cumprimento da ordem judicial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS NO MS
Secretaria de Estado de Saúde articula ampliação de 60 leitos de UTIs em Mato Grosso do Sul
COVID-19 DISPAROU
Brasil precisa levar o aumento de casos de Covid-19 a sério, alerta OMS
QUASE 100 MIL
MS já soma 99.061 casos confirmados e tem 1.769 mortes por coronavírus
REFORÇO NO COMBATE A COVID-19
Governo de MS abre processo seletivo para 80 profissionais de saúde para o Hospital Regional
MS - 1.766 MORTES
Secretaria confirma mais 758 casos e 9 mortes por covid-19; internações mais que dobram
Com mais 123 exames positivos para coronavírus (Covid-19) nas ultimas 24 horas, FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
SINAL VERMELHO: Mais 20 casos são confirmados e 112 suspeitos nas últimas 24h em Fátima do Sul
FESTONA NA PANDEMIA
Guarda Municipal acaba com 'festona' em flagrante com 119 adolescentes em MS
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
USE MÁSCARA: Mais 08 positivos e 143 suspeitos nas últimas 24h em Fátima do Sul
DOURADOS - LEITOS LOTADOS
Dourados tem leitos de UTI's lotados e prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes
CORONAVÍRUS EM MS
MS registra 6 óbitos por coronavírus em 24 horas, com 1.754 mortes desde o início da pandemia