Menu
SADER_FULL
segunda, 29 de novembro de 2021
Busca
SITUAÇÃO DESESPERADORA

Em uma semana Itaporã registra 4 mortes, acendendo o alerta para a Covid-19, sem vagas nas tendas

Nesta terça-feira (25), Itaporã registrou mais uma morte em decorrência de complicações da Covid-19.

26 Mai 2021 - 10h54Por Redação Fátima News

Nesta terça-feira (25), Itaporã registrou mais uma morte em decorrência de complicações da Covid-19. A vítima, Maria Iraci Leão Correia de 86 anos estava internada na tenda do Hospital Municipal e aguardava vaga para transferência, mas não resistiu.

A situação no município de Itaporã é grave, pois as tendas estão no limite de pacientes, e está sendo praticamente impossível conseguir vaga de transferência para outra unidade, visto o grande número de pessoas no aguardo.

Em menos de uma semana o município registrou 4 mortes. Pacco se pronunciou na manhã de ontem, pedindo a colaboração da população para conter os avanços dá Covid-19, no município. Ainda o prefeito ressaltou que ocorreu um grande aumento dos casos ativos positivos e se continuar assim Itaporã trocará de bandeira, e as pessoas serão obrigadas a cumprir medidas mais rígidas. Por Itaporãnews

 

Leia Também

VACINA
Covid-19: Nova campanha tem foco em jovens de 12 a 18 anos
LUTO
Em Nota de Pesar, prefeitura lamenta e destaca trabalho da Fiscal Ambiental, Katlen Magalhães
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
FÁTIMA DO SUL - CIA DO BICHO
Filhote engole brinquedo, passa por cirurgia e Cia do Bicho alerta sobre caso em Fátima do Sul
COVID EM FÁTIMA DO SUL
Em Fátima do Sul, Escola São Francisco suspende aulas após caso covid-19
COVID-19 NO MS
MS registra 61 novos casos e nenhuma morte por covid no boletim desta sexta-feira
VACINA
MS receberá mais de 260 mil doses da Janssen até início de dezembro
COVID NA EUROPA
Reino Unido proíbe voos da África do Sul devido a novas variantes da Covid-19
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
USO DE DROGAS
Filho drogado corta as mãos do pai com machado em cidade do MS