Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 21 de abril de 2021
Busca
EXPLOSÃO DO COVID-19

Em Rio Brilhante, explosão de casos de covid pode segurar população em casa

Em uma semana, casos passaram de quatro para 62 e prefeito diz que isso deve assustar. "Nunca vi gostar de passear desse jeito"

2 Jun 2020 - 12h18Por Campo Grande News

Há uma semana, Rio Brilhante, a 164 quilômetros de Campo Grande, tinha quatro casos confirmados de infectados pelo novo coronavírus (covid-19), situação que não chamava atenção no mapa de infecção em MS. Mas, hoje, a realidade é outra: o boletim municipal já terá 62 casos confirmados da doença, uma explosão descoberta a partir da testagem em massa de funcionários do frigorífico instalado em Dourados, e pode piorar com a falta de compromisso da população.

De Rio Brilhante, 194 pessoas seguem regularmente para trabalho no frigorífico da JBS em Dourados, mas, a rotina foi quebrada com a chegada da pandemia. Depois do primeiro caso confirmado da doença de funcionária da empresa, foi iniciada a testagem em massa e o cenário preocupante foi se formando.

Segundo o prefeito Donato Lopes da Silva (PSDB), dos 62 casos confirmados hoje, 58 são de funcionários do frigorífico e outros quatros relacionados à Usina Biosev (álcool e açúcar), sendo três funcionários e um empresário, prestador de serviço.

Em Rio Brilhante, todos os funcionários das empresas que passaram pela testagem ficaram de atestado por quatro dias; os que tiveram resultado positivo para doença, 14 dias e isolamento social, sendo monitorados todos os dias pelas equipes de saúde do município.

Silva diz que ainda faltam 48 exames dos funcionários do frigorífico e ele acredita que, pela média, 18 devem ser confirmados para a doença.

A preocupação, segundo ele, é que não há como estancar ainda essa disseminação, pois, agora, o risco também são os familiares dessas pessoas. “Tem gente que está bem, sem sintomas, mas mora com a avó de 72 aos de idade; ou que a mulher da pessoa, que não sabia, tomou tereré com a vizinha, a ramificação é muito grande”.

O prefeito disse que esse comportamento é a grande preocupação, pois, até agora, os casos confirmados vieram de ambientes conhecidos, mas, sem o comprometimento da população, pode se alastrar indiscriminadamente.

“Nunca vi gostar de passear desse jeito”, critica, ao comentar o índice de 48% de isolamento social, que chegou a colocar Rio Brilhante nas últimas posições no ranking estadual. Silva acredita que o transporte de ônibus coletivo e de funcionários das empresas pode ser um dos focos de maior atenção e, por isso, as barreiras sanitárias foram implantadas assim que o País entrou em alerta com a pandemia da covid-19.

No dia 19 de maio, em uma dessas barreiras, dois ônibus de funcionários da JBS foram parados e 16 deles tiveram que ficar em isolamento, depois que 4 apresentaram sintomas da doença.

Agora, com explosão de casos, acredita que a população possa ficar atenta. “O povo assusta, espero que passe a colaborar”. A cidade impôs toque de recolher das 22h às 5h, funcionamento restrito do comércio, apenas para serviços essenciais até 19h e uso obrigatório de máscara dentro de ambientes fechados.

A reportagem entrou em contato com a assessoria da JBS para saber se o funcionamento do frigorífico será mantido e aguarda retorno.

O MPT (Ministério Público do Trabalho) acompanha a situação dos frigoríficos no Estado que, até sexta-feira (29) reuniam 168 casos confirmados da doença em unidades de Dourados, Bonito e Guia Lopes da Laguna.

Até a semana passada, a avaliação do procurador do MPT, Jeferson Pereira, considerou que a abertura das empresas anda era viável por ser atividade essencial e que estão sob constante vigilância e que ainda não se sabe se o foco da disseminação seriam esses frigoríficos ou o contato externo da população. A reportagem entrou em contato para atualizar o posicionamento e aguarda retorno.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA EDUCAÇÃO
Após perder 03 professoras para o coronavírus, Escola decreta luto em MS
VENCERAM A COVID-19
Edival(Vidraçaria) e esposa Maria vencem a covid-19 e agradecem Hospital da SIAS de Fátima do Sul
VACINA RUSSA
Governador diz que consórcio vai adquirir 28 milhões da vacina Sputnik V
LUTO NA SAÚDE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19
POLÍCIA MILITAR DE LUTO
PM DE LUTO: "Sorriso fácil e alto astral": a marca deixada pelo subtenente Lobo
VACINA CONTRA COVID-19
Mato Grosso do Sul participa de consórcio para compra de 28 milhões de doses de vacina contra Covid
LUTO NA LINHA DE FRENTE
Dias após perder os pais, médica de 36 anos morre de Covid-19
VITIMA DA COVID 19
Vídeo: enfermeiro que receitava cloroquina se passando por médico morre de Covid-19
MAIS AGILIDADE NO RESULTADO
Quem fizer exame para o coronavírus, poderá acessar o resultado de casa e pela internet, confira
JUVENTUDE EM ALERTA
Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas