Menu
SADER_FULL
quinta, 30 de junho de 2022
BANNER IMPRESSORAS
Busca
TRANSPLANTES

Em parceria com o Estado, Dourados deverá implantar Organização de Procura de Órgãos

Estrutura, denominada OPO, será ligada à Central Estadual de Transplantes e deverá ser implantada junto ao Hospital da Vida

20 Ago 2021 - 07h08Por Portal do MS

Por meio de uma parceria entre o Município, Governo do Estado e Governo Federal, Dourados deverá ter, nas próximas semanas, uma Organização de Procura de Órgãos e Tecidos (OPO). Portaria publicada pelo Ministério da Saúde, no início deste mês, estabelece um incentivo financeiro para a implantação da estrutura, que poderá ser instalada junto a uma unidade hospitalar a ser definida, podendo ser o Hospital da Vida, Hospital Evangélico ou outra.

A decisão do Ministério da Saúde atende a uma solicitação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) encaminhada pelo secretário Geraldo Resende, com base em proposta apresentada e pactuada em março do ano passado na Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

Em Mato Grosso do Sul, atualmente apenas em Campo Grande existe uma unidade da OPO. A de Dourados será a segunda instituição do gênero no Estado e, da mesma forma, será subordinada à Central Estadual de Transplantes (CET/MS).

A Portaria do Ministério da Saúde estabelece um recurso financeiro no montante de R$ 20.000,00 a ser disponibilizado ao Estado de Mato Grosso do Sul e Município de Dourados, em parcela única, para a implantação da estrutura física (móveis e equipamentos) da OPO.

 De acordo com Claire Miozzo, coordenadora da Central Estadual de Transplantes, após a implantação da estrutura, o repasse desse valor será mensal e destinado ao custeio da Organização, que deve ser composta por um médico e três profissionais de nível superior (preferencialmente dá área de enfermagem).

O que é

A Organização de Procura de Órgãos e Tecidos é uma instituição ligada à Central Estadual de Transplantes e à Central Nacional de Transplantes, que é a responsável por informar a viabilidade de doador à Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos e Tecidos (CNCDO, que realiza a distribuição dos órgãos, indicado à equipe transplantadora responsável pela retirada e implante do mesmo.

A captação de órgãos é feita após a confirmação da doação. Quando a equipe de transplante toma conhecimento de todas as informações do doador, ela avalia se o órgão é apropriado ao seu receptor. Assim sendo, em caso afirmativo, a equipe responsável envia seus cirurgiões até o hospital em que o doador se encontra.

Segundo a coordenadora da CET/MS, a extensão territorial de Mato Grosso do Sul, representa um limitador no acesso às doações de órgãos e tecidos, uma vez que a OPO instalada na Santa Casa de Campo Grande, vem restringindo sua abrangência às localidades próximas à capital.

A proposta acolhida pelo Ministério da Saúde, tem a finalidade de impulsionar o processo de doação e transplante em Mato Grosso do Sul, por meio do aumento do número de notificações de morte encefálica e de doadores efetivos. “Consequentemente, haverá aumento no número de transplantes de órgãos e impacto positivo no número de vidas salvas nos 33 municípios da região”, finaliza o secretário Geraldo Resende.

 

Texto: Ricardo Minella/SES

Foto: Edemir Rodrigues/Subcom

Leia Também

Raquel dos Passos, SAD AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado nomeia 201 aprovados no concurso público da Secretaria de Saúde
FRENTE FRIA
Nova frente fria se aproxima com nebulosidade e queda nas temperaturas
ASSUSTADOR
Brasil confirma 316 mortes por Covid nas últimas 24 horas
Fotos: Chico Ribeiro AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo entrega veículo para transportar famílias atendidas pelo Cotolengo e doa casacos
CASTRAMÓVEL
Projeto leva controle humanizado de gatos e estimula ressocialização em penitenciária da capital
COVID NO BRASIL
Brasil registra 51,6 mil casos de covid e 127 óbitos em 24 horas
LIÇÕES DA BIBLIA
Desvio inesperado 1: o vale
FOTO: ARQUIVO DA FAMÍLIA FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul de luto, morre Seu Nego Branco aos 80 anos
VAKINHA SEU GILMAR FÁTIMA NEWS NA CAMPANHA
Fátima News abraça campanha para ajudar Seu Gilmar com cirurgia na coluna, veja como doar
Foto: Arquivo da Família FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul se despede do Carlão do Atacado Princesa, família Informa horário do velório