Menu
SADER_FULL
terça, 30 de novembro de 2021
SADER_FULL
Busca
FÁTIMA DO SUL - EDUCAÇÃO FÍSICA

Em avaliação do MEC, cursos de Educação Física de MS variam entre 'muito fraco' e de 'excelência'

Em avaliação do MEC, cursos de Educação Física de MS variam entre 'muito fraco' e de 'excelência'

22 Out 2020 - 11h13Por FÁTIMA NEWS / REDAÇÃO

Nesta terça-feira (20), foi divulgado o resultado do último ciclo do Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) 2019, que revelou uma preocupante variação da qualidade dos cursos de Educação Física em Mato Grosso do Sul. Duas Instituições se destacaram na avaliação, que apresenta uma escala de 1 a 5: a Faculdade de Administração de Fátima do Sul (FAFS), que apresentou a pior nota, 1, que aponta o curso como ‘muito fraco’ e a UNIGRAN (Centro Universitário da Grande Dourados, que teve a nota 4, e manteve o curso entre os melhores do Estado.

O Exame mede, principalmente, o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos de aprendizagem necessários e o desenvolvimento de competências e habilidades para a atuação profissional. Além do Enade, o MEC (Ministério da Educação) também utiliza como indicadores da qualidade dos cursos o IDD (Índice de Desenvolvimento Contínuo) e o CPC (Conceito Preliminar de Curso).

Entre os itens avaliados pelo MEC em cada instituição, estão os resultados anteriores do Enade, a qualificação do corpo docente, a infraestrutura do curso para aulas teóricas e práticas e ainda os recursos didático-pedagógicos disponíveis.

Considerar esses índices de avaliação é extremamente importante, pois o Brasil vive um processo de transição demográfica que impacta diretamente a saúde da população. Com o crescimento da taxa de envelhecimento, também crescem os índices de doenças crônicas como os problemas cardiovasculares e respiratórios, o diabetes e os diversos tipos de câncer.

Diante desse cenário, a atuação dos profissionais de Educação Física é cada vez mais importante, pois as atividades são vistas como um elemento imprescindível para proporcionar qualidade de vida à população. No entanto, a formação que esse profissional recebe é o que vai determinar a qualidade da sua atuação profissional, por isso o MEC avalia regularmente todas as Instituições de Ensino Superior.

Sabe-se que a prática de exercícios físicos promove melhorias para a saúde e, mais do que nunca, as pessoas desejam uma vida saudável. O profissional de Educação Física é aquele que pode prescrever como alcançar esse objetivo.

Considerando que a maioria da população vive cercada pelo corre-corre da modernidade, investir em uma rotina mais saudável e com exercícios pode trazer equilíbrio para vários pontos, pois o bem-estar físico está na base da qualidade de vida, aliado a uma boa alimentação.

Juntamente com outros profissionais, ele é o mais indicado para orientar uma rotina de atividades que incluem práticas esportivas, terapias ou musculação para ter um estilo de vida que vai proporcionar longevidade com felicidade e realização.

Leia Também

PROCESSO SELETIVO SES EDITAIS PUBLICADOS
Divulgado editais do processo seletivo para contratação temporária de médicos e nutricionista
JATEÍ JATEÍ - EDUCAÇÃO E BIOSSEGURANÇA
Em Jateí, Escola rural é exemplo de gestão compartilhada e em biossegurança
VACINA
Covid-19: Nova campanha tem foco em jovens de 12 a 18 anos
LUTO
Em Nota de Pesar, prefeitura lamenta e destaca trabalho da Fiscal Ambiental, Katlen Magalhães
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
FÁTIMA DO SUL - CIA DO BICHO
Filhote engole brinquedo, passa por cirurgia e Cia do Bicho alerta sobre caso em Fátima do Sul
COVID EM FÁTIMA DO SUL
Em Fátima do Sul, Escola São Francisco suspende aulas após caso covid-19
COVID-19 NO MS
MS registra 61 novos casos e nenhuma morte por covid no boletim desta sexta-feira
VACINA
MS receberá mais de 260 mil doses da Janssen até início de dezembro
COVID NA EUROPA
Reino Unido proíbe voos da África do Sul devido a novas variantes da Covid-19