Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 25 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
MS - 840 MORTES

Covid-19 segue em expansão em MS e secretário volta a uma situação controlada

Geraldo Resende frisou que maioria dos pacientes internados são moradores da Capital

30 Ago 2020 - 08h21Por Correio do Estado

A Covid-19 continua em plena ascensão em todas as regiões de Mato Grosso do Sul. E o titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES), Geraldo Resende, voltou a negar a doença causada pelo novo coronavírus está sob controle.

“No dia 2 de agosto, em Campo Grande, obtido 10.351 casos. No dia 27, eram 20.505 casos. A Capital está dobrando o número de casos, isso faltando quatro dias para o mês terminar ”, relatado durante a transmissão ao vivo do Governo do Estado na rede social Facebook.

Resende voltou a negar que Campo Grande tenha boa capacidade hospitalar e tenha mais pacientes do interior que os campos-grandenses internados.

“É falsa a informação que 40% dos pacientes internados na Capital venham do interior. São apenas 15%, que vem de cidades não têm leitos. E dos 350 pacientes internados, 50 são do interior, dos quais 34 estão em hospitais privados ”, afirmou.

Ainda sobre internações, o secretário voltou a preocupação com o aumento das taxas de ocupação global em três macrorregiões. “Estamos voltando à marca dos 80%, o que volta a acender um alerta”, frisou.

 
 
 
 

DADOS DO DIA

Hoje, Mato Grosso do Sul chegou a 48.023 casos. Entre ontem e hoje, mais 871 casos foram confirmados.  

Desses casos novos, 296 foram registrados em Campo Grande, 101 em Corumbá, 66 em Dourados, 34 em Três Lagoas, 33 em Sidrolândia e 31 em Aquidauana.

Mais 525 pessoas se recuperaram da Covid-19, totalizando 40.169. Estão internadas 551 pessoas, sendo 294 em leitos clínicos e 261 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Portanto, em 24 horas, nenhuma pessoa foi hospitalizada no Estado.

Há ainda cinco pacientes de outros estados tratados em Mato Grosso do Sul, mas não contabilizados oficialmente pela SES.

Consideração o total geral de leitos e internações por outras doenças, a macrorregião de Dourados está com 78% dos leitos ocupados. A macrorregião de Corumbá está com 74% da capacidade ocupada.  

A região de Campo Grande está com 72% de ocupação. E a macrorregião de Três Lagoas tem 45% de leitos ocupados.  

Nas últimas 24 horas, foram contabilizadas 17 mortes causadas pela doença. Em Campo Grande, uma idosa de 63 anos morreu em 10 de agosto.

Na quarta-feira (26), dois óbitos foram registrados em Corumbá. Já na quinta-feira (27), duas mortes ocorreram em Campo Grande, outras duas em Corumbá, uma na Costa Rica, uma em Nova Alvorada do Sul e uma em Aparecida do Taboado

E ontem, Dourados confirmou uma morte e Três Lagoas também uma. Na Capital, foram cinco. O Estado já tem 840 mortes pela doença.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS - 3.270 MORTES
Após correção nos sistemas oficiais, MS passa a registrar 3.270 óbitos por coronavírus
AÇÕES DO DEPUTADO BARBOSINHA
Barbosinha pede que Estado faça campanhas para prevenir aumento de queimados pelo uso de alcool gel
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19 FÁTIMA DO SUL - BOLETIM CORONAVÍRUS
COVID: Mais 08 novos positivos são registrados nas últimas 24h, veja o MAPEAMENTO em Fátima do Sul
PANDEMIA CORONAVIRUS
Prosseguir: MS tem 31 municípios na bandeira vermelha, incluindo Fátima do Sul
DEFESA SANITARIA
MS terá conselho municipal de saúde animal visando evolução do status sanitário da Aftosa
FOTO: HEALTH-CORONAVIRUS-BRAZIL-VACCINES-2 AÇÕES DO O BOTICÁRIO
O Boticário destina R$ 2,5 milhões para construção da fábrica de vacinas do Instituto Butantan
LUTA PELA VIDA
Gloriadouradense com covid precisa de transfusão de sangue, VAMOS AJUDAR
MAIS VACINAS CHEGANDO
MS recebe com quinta remessa de vacinas contra a Covid-19 e intensifica campanha de imunização
LOCKDOWN
Com explosão de casos de covid, e 14 deputados infectados A. Legislativa volta a fechar as portas
BRASIL - 248.529 MORTES
Covid-19: Brasil registrou 62.715 infectados em 24 horas