Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 3 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
# FIQUE EM CASA

COVID-19: “espero que Mato Grosso do Sul não faça a opção pela morte”, diz secretário

MS tem uma das menores taxas de isolamento do país e número de hospitalizações está crescendo

2 Jun 2020 - 13h40Por Topmidia news

Com os números do novo coronavírus crescendo exponencialmente em Mato Grosso do Sul, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, fez novo apelo para que a população ajude com medidas de distanciamento social, uso de máscaras e cuidados redobrados de higiene. Segundo ele, a maior preocupação é com a ocupação dos leitos de UTI.

“Eu espero que Mato Grosso do Sul não faça a opção pela morte. Me parece que a população do Estado está fazendo opção por esse caminho. Opção por ter sofrimento, opção por ver nossa gente em leitos clínicos, em leitos de UTI. O sofrimento das pessoas que vão para UTI é enorme. A gente vê os testemunhos, tem pessoas que passam até dois meses em leitos de UTI. A média de internação em leitos de UTI hoje no Brasil ultrapassa 20 dias”, relata.

Mato Grosso do Sul chegou aos 1.646 casos confirmados do novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico desta terça-feira (2). Destes, há 66 pessoas internadas, contando com uma de outro estado, que estão distribuídas em 52 leitos clínicos e 14 leitos de UTI. Há também três sul-mato-grossenses internados em São Paulo e um em Alagoas.

“Hoje a taxa de isolamento do estado é uma das menores do país. Isso vai refletir nos próximos 14, 15 dias. Eu faço aqui mais uma vez um apelo, nos ajude. Você nos ajudando, você está ajudando a sua família, a seus amigos e a todos nós da saúde que estamos trabalhando todos esses meses para evitar números expressivos de casos e mortes. Espero que você também nos ajude nessa guerra contra o coronavírus”, complementa Resende.

Dados

Desde que a doença começou a ser monitorada, foram 12.866 casos notificados, dos quais 278 estão em análise laboratorial, 1.625 ainda não foram encerrados pelas secretarias municipais e 9.317 foram descartados.

Dos 1.646 casos confirmados, 911 pacientes estão em isolamento domiciliar, 650 são considerados curados, 66 estão hospitalizados (contando com um paciente de outro estado) e 20 morreram. 

Nas últimas 24 horas, foram registrados 78 novos casos, um crescimento de 5% na curva da doença. São moradores de Dourados, Vicentina, Corumbá, Campo Grande, Guia Lopes da Laguna, Ponta Porã, Rio Brilhante, Chapadão, Água Clara, Costa Rica, Fátima do Sul, Jardim, Mundo Novo e São Gabriel do Oeste.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ILESAS DA DOENÇA
SEM COVID: 08 cidades de MS ainda não registraram casos de coronavírus
CUMULO DO ABSURDO
Universitários fazem festas Covid com aposta para ver quem pega coronavírus primeiro
PREVENÇÃO COVID 19
Giovanna Antonelli viraliza ao mostrar truque para evitar contaminação
CORONAVIRUS EM DOURADOS
Dourados confirma mais 58 casos da covid-19 e número de mortes chega a 31
FATIMA DO SUL - MARMITEX
Saborosa comida caseira por 5 reais é na Cantina Sabor da Maria em Fátima do Sul
100 MÁSCARAS
Bolsonaro veta obrigação do uso de máscara em igrejas e lojas
CLIMA FRIO
Madrugada de sexta-feira teve geada em 8 cidades de MS; uma delas foi Caarapó
DETENTAS COM COVID 19
Presídio de Rio Brilhante que tem 21 detentas com covid-19 tem princípio de motim
MS - 107 MORTES
Mulheres de 67 e 78 anos elevam mortes por covid a 107 óbitos nesta sexta em MS
BRASIL - 62.045 MORTES
Brasil passa de 62 mil mortes pelo novo coronavírus