Menu
SADER_FULL
sexta, 23 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
saúde

Consumo moderado de café reduz em 25% chance de ter diabetes tipo 2

14 Nov 2013 - 15h29Por Uol

O consumo moderado de café pode diminuir o risco de um indivíduo desenvolver diabetes tipo 2. É o que destaca um relatório baseado nas últimas pesquisas apresentadas no Congresso Mundial de Prevenção do Diabetes e publicado pelo Instituto de Informação Científica sobre o Café (Isic). A doença já atinge mais de 370 milhões de pessoas no mundo.

De acordo com os estudos coletados, beber de três a quatro xícaras de café por dia está associado a redução de 25% nas chances de desenvolver diabetes tipo 2, em relação ao consumo de nenhuma ou menos de duas xícaras ao dia.

A pesquisa também identificou que a cada copo adicional de café, o risco de desenvolver diabetes tipo 2 diminuia de 7 a 8%.

Um estudo publicado no American Journal of Clinic Nutrition identificou que a cafeína não é uma das responsáveis pelos efeitos protetores do café no diabetes. Mas a pesquisa também identificou que tanto a cafeína quanto o café descafeinado estavam associados com um menor risco de diabetes tipo 2.

Já uma pesquisa recente, publicada no Public Health Nutrition, revelou que o café puro, e não o descafeinado, protege mais as mulheres contra o diabetes tipo 2 do que os homens.

O relatório também apresenta algumas das principais teorias que sustentam a possível relação entre o consumo de café e menor risco de desenvolver diabetes. Uma das hipóteses sugere que a cafeína estimula o metabolismo e aumenta o gasto calórico, diminuindo as chances de ter a doença.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VITIMA DA COVID-19
Auxiliar de enfermagem perde batalha contra covid-19 em Água Clara
GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
MS - 1524 MORTES
Número de pessoas internadas por coronavírus aumenta em MS e traz preocupação
BRASIL - 155.403 MORTES
Covid-19: Brasil tem 24.818 novos casos em 24 horas
AJUDA
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,2 milhões de beneficiários
FÁTIMA DO SUL - EDUCAÇÃO FÍSICA
Em avaliação do MEC, cursos de Educação Física de MS variam entre 'muito fraco' e de 'excelência'
PANDEMIA
Dourados tem mais de 500 pessoas em isolamento devido ao coronavírus
CORONAVIRUS
Morre voluntário brasileiro que participava de testes da vacina de Oxford
VACINA COVID 19
Autoridades de MS defendem vacina chinesa mesmo com recuo de Bolsonaro
MS - 1.518 MORTES
MS registra 78.360 casos confirmados e soma 1.518 mortes por coronavírus