Menu
SADER_FULL
domingo, 28 de novembro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
MS - 1.553 MORTES

Com novos testes positivos, casos de Covid-19 continuam crescendo em MS

Boletim Covid-19 deste domingo, dua 25 de outubro, registra novamente número alto de novos casos em todo o Mato Grosso do Sul.

26 Out 2020 - 08h42Por Dourados News

Boletim Covid-19 deste domingo, dia 25 de outubro, registra novamente número alto de novos casos em todo o Mato Grosso do Sul. Nas últimas 24 horas mais 302 pessoas testaram positivo para a doença, taxa de 04% de contaminação.

A capital continua sendo o epicentro da Covid-19 com registro de 189 novos casos. Em seguida temos Corumbá com mais 38; Três Lagoas + 18; Dourados +11; Naviraí +7. O total de testes positivos subiu para 79.901.

De acordo com o boletim da Secretaria de Saúde do Estado (SES), foram registrados sete óbitos. Em Campo Grande, três pacientes não resistiram à doença; as cidades de Caarapó e Ladário perderam um paciente cada. Total de óbitos em MS é de 1.553.

Estão internadas no Estado 315 pessoas, sendo 169 em leitos clínicos e 140 em UTI. A maioria em leitos públicos.

Leia Também

COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 9,2 mil novos casos
FÁTIMA DO SUL - CIA DO BICHO
Filhote engole brinquedo, passa por cirurgia e Cia do Bicho alerta sobre caso em Fátima do Sul
COVID EM FÁTIMA DO SUL
Em Fátima do Sul, Escola São Francisco suspende aulas após caso covid-19
COVID-19 NO MS
MS registra 61 novos casos e nenhuma morte por covid no boletim desta sexta-feira
VACINA
MS receberá mais de 260 mil doses da Janssen até início de dezembro
COVID NA EUROPA
Reino Unido proíbe voos da África do Sul devido a novas variantes da Covid-19
# PREVENIR É O REMÉDIO
Covid-19: Brasil registra 303 mortes e 12.126 casos em 24 horas
USO DE DROGAS
Filho drogado corta as mãos do pai com machado em cidade do MS
CORONAVÍRUS CORONAVÍRUS EM MS
ALERTA: Mapeamento Genômico revela 26 linhagens de coronavírus e prevalência da P1 em MS
ALERTA EM MS
Saúde faz alerta após registrar surto da doença 'mão-pé-boca' em MS