Menu
SADER_FULL
sábado, 28 de maio de 2022
SADER_FULL
Busca
COVID-19 NO MS

Com aumento de casos, Fatima do Sul e 55 das 79 cidades do MS tiveram novos registros de covid-19

20 Jan 2022 - 08h40Por Adélio Ferreira Fátimanews

Com o aumento de casos de Covid-19 no Mato Grosso do Sul, 56 das 79 cidades do Estado tiveram registros da doença, no último boletim divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), na quarta-feira (19). As autoridades alertam a necessidade de manter as medidas de biossegurança, assim como procurar as unidades de saúde para completar o ciclo de imunização.

No primeiro boletim do ano, divulgado em 3 de janeiro, apenas 14 cidades do Estado registraram novos casos de Covid, o que representa aumento de 300% ao fazer esta comparação, em relação a incidência nas cidades. Trata-se de mais um indicativo que demonstra o crescimento substancial da doença.

Já a média móvel de mortes na última semana está em 3,1, contra 1,1 do primeiro boletim do ano em janeiro. Nesta quarta-feira foram registrados quatro novos óbitos, nas cidades de Campo Grande, Corumbá, Dourados e Coxim.  Segundo a SES, o recorde de óbitos devido a doença continua sendo 10 de abril do ano passado, quando a média estava em 56,7.

Uma das principais preocupações das autoridades é sobre o aumento de internações, que chegou a 204, sendo 60 em leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), assim como o crescimento da taxa de positividade nos testes feitos para Covid, que nos primeiros dias de janeiro estava em 10%, 6,6% e 14,5% e agora chegou a faixa de 50,1%, ou seja, metade dos exames feitos tem dado resultado positivo.

Vacinação

As autoridades destacam que a imunização continua sendo a melhor alternativa para conter a Covid-19, e assim evitar internações e mortes devido a doença. Em Mato Grosso do Sul 91% da população adulta já está com a imunização completa, enquanto que 60% dos idosos já tiveram acesso a dose de reforço.

“O Estado atingiu marca de vacinação de 91,7% de 18 anos acima, completamente imunizados, e isso é importante para que a gente não tenha ocupação de maneira tão agressiva nos leitos hospitalares”, destacou o presidente do Comitê Prosseguir, o secretário Eduardo Riedel.

Já entre os adolescentes de 12 a 17 anos, 87% tomaram a primeira dose e 65% chegaram a imunização completa. Iniciada no último sábado (15), a imunização das crianças de 5 a 11 anos já tiveram mais de 7 mil doses aplicadas segundo o “Vacinômetro”.

Desde o início da imunização, o governador Reinaldo Azambuja incentivou a vacinação, assim como a realização de mutirões nos municípios, com o lema “vacina no braço e não na geladeira”. Mato Grosso do Sul tornou-se destaque nacional pela aplicação das doses e distribuição dos imunizantes em tempo recorde aos municípios.

Leonardo Rocha, Subcom
Fotos: Edemir Rodrigues

Leia Também

Mayra Franceschi, Hemosul DOAÇÃO SALVA VIDAS
Doador do Hemosul efetiva doação de medula óssea e salva uma vida
Sertanejo passou por cirurgia no quadril - Crédito: Instagram SERTANEJO CONRADO
Sertanejo Conrado segue na UTI, confira as últimas informações
FÁTIMA DO SUL - CIA DO BICHO
Rinite de gato existe?, quais sintomas e o que causa?, a Cia do Bicho te explica tudo, confira
HOMEM DE 63 ANOS MORTO
Homem é encontrado morto no meio do mato na saída de Dourados para Caarapó
MORTES NO BRASIL COVID 19
Foram registradas 132 mortes por Covid nas últimas 24 horas no Brasil
LIÇÕES DA BIBLIA
Jacó partiu
FOME NO BRASIL SUPERA MEDIA GLOBAL
Fome no Brasil supera média global e atinge mais as crianças
COBERTORES PARA CAMPO GRANDE
Governo do Estado entrega mais de 14 mil cobertores para Campo Grande que promete entrega imediata
FRIO INTENSO NOVA FRENTE FRIA
Frio tá só começando, nova frente fria está prevista para semana que vem, veja a previsão
ONÇAS DO PANTANAL ENVENENADAS
Onças mortas no Pantanal foram envenenadas com agrotóxico proibido no Brasil