Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de janeiro de 2021
Busca
TOQUE DE RECOLHER

Com aumento de casos da Covid-19 Capital retoma toque de recolher

Após reunião, ficou definida a volta do toque de recolher, da meia-noite às 5 horas da manhã, a partir da madrugada de quinta para sexta-feira

26 Nov 2020 - 09h08Por Dourados Agora

A Prefeitura de Campo Grande publicou nesta quarta-feira (25) novas medidas de prevenção à pandemia da Covid-19. A decisão foi tomada após reunião com representantes do comércio e da Secretaria de Saúde, por conta do aumento do contágio do Coronavirus em Campo Grande.

Após reunião, ficou definida a volta do toque de recolher, da meia-noite às 5 horas da manhã, a partir da madrugada de quinta para sexta-feira, aumento da fiscalização realizada pela Semadur, Vigilância Sanitária e Guarda Civil Metropolitana para cumprimento do decreto e oferta de novos leitos de UTI.

"Estamos tomando medidas técnicas, estudadas diariamente pela nossa equipe, com base no número de pessoas infectadas e a capacidade que temos de leitos para atender estes pacientes. É importante também a conscientização da população, que precisa manter os cuidados, usando máscara, álcool e gel e garantindo o distanciamento mínimo necessário. São medidas simples, mas eficazes para preservar a saúde da nossa população e a economia da cidade", declarou o prefeito Marquinhos Trad.

Nos últimos dias, a equipe técnica da Secretaria de Saúde observou um aumento expressivo da contaminação de pacientes mais jovens, entre 20 e 39 anos. "Hoje, de cada 100 testes, 30% dão positivo. Este percentual, até alguns dias atrás, era de 23% a 25%. Nossa preocupação é que daqui a pouco estes jovens passem a contaminar avós, pais, tios, de 60 anos ou mais, criando a necessidade de mais leitos e até o aumento da letalidade", explicou o secretário de Saúde, José Mauro.

Ele ressalta que a Secretaria de Saúde está analisando os números diariamente e, prevendo necessidade de aumento da oferta de UTI, já está preparando para as próximas semanas a efetivação de novos leitos para atendimento de pacientes com Covid-19.

Levando em consideração que não houve aumento da média móvel de mortalidade, apesar de aumento da positividade dos testes – refletindo principalmente entre jovens, o horário do comércio não será alterado. Por enquanto, também não haverá alteração no sistema do transporte público coletivo, sendo mantido o uso obrigatório de máscara.

A reunião desta quarta-feira (25) contou com a participação da Procuradoria-Geral do Munícipio, Segov, Semadur, Sesau, Sesdes, Agetran, Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e a Abrasel.

Deixe seu Comentário

Leia Também

O BOTICÁRIO
O Boticário transforma plástico reciclado para melhorar a estrutura de escolas em todo o Brasil
VACINAÇÃO
Em menos de 24h, MS distribui vacinas e municípios já estão autorizados a vacinar contra Covid-19
TIRE SUAS DÚVIDAS
VACINA: Especialistas explicam funcionamento e eficácia das vacinas virais no organismo
VACINA NO MS - CORONAVÍRUS
Prefeitos já se planejam para vacinação nas aldeias e elogiam ações do Estado no combate à pandemia
VACINA NO MS - CORONAVÍRUS
Momento histórico: Governo do Estado realiza primeira vacinação contra a Covid-19
VACINA NO MS - CORONAVÍRUS
Governador Reinaldo Azambuja oferece 10 UTIs de covid para Manaus, que vive colapso na saúde
VACINA NO MS - CORONAVÍRUS
Vacina chega a Mato Grosso do Sul e distribuição aos municípios começa ainda hoje
LUTO FÁTIMA DO SUL - FÁTIMA DO SUL - LUTO
Fátima do Sul confirma 02 óbitos nas últimas 24h, confira o boletim
VACINA CHEGANDO NO MS
Governo do Estado vacina primeiros três sul-mato-grossenses nesta segunda-feira
VACINAS À CAMINHO
Vídeo: secretário mostra estoque da vacina e anuncia retorno para MS