Menu
SADER_FULL
quinta, 29 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
FORNALHA

Cidades do MS e PI devem quebrar record histórico de temperatura no Brasil nesta quinta feira

O máximo que os termômetros chegaram no Brasil foi 44,7ºC, em Bom Jesus do Piauí, em 2005

1 Out 2020 - 10h35Por Redação Fátima News

Nesta quarta-feira (30), várias regiões do Brasil registraram quebras de recorde, porém, a máxima parou em 44,1ºC, nas cidades de Água Clara e Coxim, ambas no mato Grosso do Sul. Esta temperatura foi a mais alta já registrada nestes municípios, os recordes anteriores eram 42,9ºC em Coxim, e 42,5ºC em Água Clara.

Apesar dos recordes já batidos, a expectativa da MetSul é que esta onda de calor que atinge o Brasil quebre o recorde histórico do país. Existe previsão de temperatura acima de 44,7ºC em áreas do Centro-Oeste, com possibilidade de máximas de até 47ºC. Confira alguns recordes quebrados nesta quarta-feira:

recordes 1

(FOTO: REPRODUÇÃO/ METSUL)

Previsão de recorde de temperatura pelo Brasil

No estado de São Paulo, uma jornada histórica de calor. A MetSul antecipou domingo que a história climática da capital paulista seria reescrita e o ranking dos dias mais quentes mudaria, e foi o que ocorreu já nesta quarta-feira (30). A estação do Instituto Nacional de Meteorologia no Mirante de Santana atingiu 37,1ºC, a segunda maior marca desde que se iniciaram as medições em 1943. As maiores máximas na estação desde hoje passam a ser de 37,8ºC em 17/10/2014, 37,1ºC em 30/9/2020, 37,0ºC em 20/1/1999, 36,7ºC em 19/01/1999 e 21/1/1999, e 36,6ºC em 31/10/2012. E o recorde de 2014 pode cair agora na segunda metade da semana, uma vez que a previsão da MetSul é que o calor ganhará força. É crucial enfatizar que São Paulo é a maior cidade da América Latina e uma enorme ilha de calor urbano, logo em alguns bairros a temperatura deve ser ainda mais alta que na estação do Inmet e, por isso, haverá bairros com mais de 40ºC, o que é por demais incomum.

interior paulista torra com ainda mais calor. As máximas desta quarta-feira bateram em 41,9ºC em Lins, 41,7ºC em Jales, 41,5ºC em Dracena, 41,3ºC em Votuporanga, 41,0ºC em Barretos, 40,7ºC em Presidente Prudente, 40,6ºC em Tupã, 40,4ºC em Bauru, 40,3ºC em Rancharia e 40,2ºC em Barra Bonita. Algumas destas máximas são recordes desde a abertura das estações. Como o calor aumenta nos próximos dias, máximas de 42ºC a 44ºC podem ser esperadas em São Paulo. O recorde de maior temperatura já anotado no estado paulista de 43,0ºC em Iguape, de 3 de fevereiro de 1933, pode cair.

Em Minas Gerais, a temperatura nesta quarta chegou a 41,0ºC em Campina Verde e a 40,7ºC em Ituiutaba. Em Uberlândia, a máxima de hoje foi de 37,1ºC, inferior ao registro de ontem de 37,7ºC que superou o recorde absoluto de máxima da estação de 37,4ºC de 1997 e 2002. Belo Horizonte, na estação da Pampulha, chegou a 35,5ºC. Nos próximos dias, o calor aumenta em Minas Gerais e são possíveis recordes na capital e em outras regiões como o Triângulo Mineiro, onde pode chegar a fazer entre 42ºC e 44ºC no final da semana.

No Paraná, as máximas desta quarta na rede do Simepar foram de 42ºC em Baixo Iguaçu, 41,0ºC em Loanda, 40,0ºC em Umuarama, 40,6ºC em São Miguel do Iguaçu, 40,2ºC em Altônia, 39,6ºC em Cianorte, 39,3ºC em Londrina, 39,2ºC em Maringá e 38,9ºC em Campo Mourão. De acordo com o instituto paranaense, todas estas máximas foram recordes desde o começo dos registros. Na rede do Instituto Nacional de Meteorologia no Paraná, as máximas foram de 40,7ºC em Paranapoema, 40,2ºC em Planalto e 40,0ºC em Cidade Gaúcha. Em Curitiba, o Inmet anotou 34,2ºC.

Já em Santa Catarina, a temperatura nesta quarta-feira se aproximou dos 40ºC com marcas de 39,6ºC em Caibi, 39,1ºC em Itapiranga e 38,7ºC em Águas Frias, conforme dados da Epagri/Ciram. Em Chapecó, o Instituto Nacional de Meteorologia anotou 35,7ºC em Chapecó, o que é um recorde. O calor aumenta ainda mais no Paraná entre esta quinta e a sexta e as máximas podem ficar entre espantosos 43ºC a 44ºC.

No Rio Grande do Sul, a temperatura máxima nesta quarta chegou a 38,6ºC em Santa Rosa. Fez 37,7ºC em São Luiz Gonzaga. Santa Rosa deve ter entre 40ºC e 41ºC nesta quinta e de 36ºC a 38ºC na sexta-feira, antes de um alívio pela chuva no fim de semana. A quinta-feira será muito quente ainda em outras regiões com 37ºC a 39ºC nas Missões e no Alto Jacuí, 35ºC a 37ºC no Planalto Médio, 33ºC a 35ºC na Serra com máximas mais altas em vales, 35ºC A 37ºC no Centro do Estado e ainda 36ºC a 38ºC na área de Uruguaiana. Como vem destacando a MetSul, o calor extremo não atinge todo o Rio Grande do Sul e cidade do Sul e do Leste do Estado escapam da canícula por nuvens e instabilidade, mas faz calor em Porto Alegre e região metropolitana com máximas que superam os 30ºC e podem atingir 32ºC a 34ºC mais ao Norte da Grande Porto Alegre, ou até mais dependendo da nebulosidade.

Guilherme Becker / Editorcom informações da MetSul

Deixe seu Comentário

Leia Também

MUNDO - 1.1 MILHÃO DE MORTOS
Mundo registra mais de meio milhão de casos da Covid-19 em apenas um dia e bate novo recorde
ANTICORPOS
Bebê nasce com anticorpos contra covid-19
MS - 1.581 MORTES
MS registra 410 novos casos de covid-19 em 24 horas e secretário reforça atenção para dia de Finados
VAGAS DE EMPREGO
Governo do Estado divulga resultado de seletiva Simplificado para contratação de médicos legistas
AUXILIO POPULAÇÃO
Caixa deposita auxílio emergencial nesta 5ª feira para nascidos em novembro
FOI MAL
Bolsonaro recua e revoga decreto que facilita privatização dos postos do SUS
90% RECUPERADOS
Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia
PANDEMIA
Dourados registra 85 casos de Covid e mantém alta em média de confirmações
COVID-19 EM BONITO
Após receber multidão de turistas, MPE recomenda medidas para evitar aglomerações em Bonito
100 AULAS
Um mês após retorno, duas escolas fecharam turmas após casos de Covid-19 em Campo Grande