Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 10 de maio de 2021
Busca
INFLUENZA

Campanha de Vacinação contra Gripe começa nesta segunda-feira em Mato Grosso do Sul

A vacinação contra a influenza permitirá, ao longo de 2021, prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos e suas consequências sobre os serviços de saúde

12 Abr 2021 - 07h38Por Portal do MS

A Campanha de Imunização contra a Influenza em Mato Grosso do Sul será realizada entre 12 de abril e 09 de julho. A meta é vacinar 90% de 1 milhão de pessoas que compões os públicos prioritários até o final da campanha. “As ações de imunizações continuam a ser extremamente importantes para a proteção contra a influenza e devem ser mantidas apesar de todos os desafios frente à circulação contínua ou recorrente do Coronavírus”, explicou o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende.

A vacinação contra a influenza permitirá, ao longo de 2021, prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos e suas consequências sobre os serviços de saúde, além de minimizar a carga da doença, reduzindo os sintomas que podem ser confundidos com os da covid-19.

Em Mato Grosso do Sul a campanha será dividida em três fases. A primeira fase vai de 12 de abril a 10 de maio, onde serão vacinados crianças, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filho há pouco tempo), indígenas e trabalhadores de saúde.

A segunda fase será de 11 de maio a 8 de junho e serão vacinados pessoas com mais de 60 anos e professores. A terceira etapa da vacinação será de 09 de junho a 9 de julho e serão vacinados indivíduos com comorbidades ou deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores do sistema rodoviário e portuário, forças de segurança e das Forças Armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e jovens de 12 a 21 anos que estão sob medidas socioeducativas.

O Ministério da Saúde vai enviar um total de 1 milhão de doses de vacinas até o final da campanha.  A Secretaria de Estado de Saúde recebeu o primeiro lote de 124 mil doses de vacina e distribuiu aos municípios em 08 de abril.

Como a campanha de vacinação contra influenza é simultânea com a imunização contra COVID-19, a recomendação é que seja priorizada a administração da vacina COVID- 19, para pessoas contempladas no grupo prioritário para a influenza e que ainda não foram vacinadas contra a COVID-19. Nestas situações, deve-se agendar a vacina influenza, respeitando o intervalo mínimo de 15 dias entre as vacinas.

Texto: Airton Raes
Foto: Airton Raes

Deixe seu Comentário

Leia Também

NO COMBATE A PANDEMIA
À Comissão da Covid-19 do Senado, Reinaldo Azambuja reforça importância de mais vacinas
LUTO NO JORNALISMO
Cinegrafista, Auro Sávio perde luta para a covid após 15 dias internado em MS
20ª REMESSA
Mais de 14 mil doses da Pfizer pousam em Campo Grande nesta segunda
COMBATE À COVID 19
OSC's têm até hoje (10) para apresentar propostas para Edital da Sedhast com R$ 1,5 milhão
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19 FATIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
Domingo de Dia das Mães com mais 17 positivos, Centro e Centro Educacional disparam em Fátima do Sul
FGTS
Confira as doenças em que é permitido o saque integral do FGTS
LUTO NA EDUCAÇÃO
Professor de 36 anos morre após 30 dias de internação e complicações da Covid
VÍRUS DESTRUIDOR
COVID: Com 70% dos pulmões comprometidos, Cabo Almi é intubado
Foto: Saul Schramm CORONAVAC CHEGANDO AO MS
Lote de vacinas da Coronavac chegam neste sábado ao MS mas só para aplicação da segunda dose
LUTO NA LINHA DE FRENTE
Covid: Médico de 74 anos e mais 24 pessoas morreram nas últimas 24 horas em MS