Menu
BANNER IMPRESSORAS
segunda, 8 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
TSUNAMI NO BRASIL?

Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda

O impacto seria maior nas regiões norte e nordeste do país

19 Set 2021 - 10h52Por Ric Mais

Um vulcão nas Ilhas Canárias entrou em sinal amarelo de erupção e pode causar um tsunami no Brasil. A informação foi concedida pelo portal MetSul. As autoridades espanholas informaram que há risco de erupção do vulcão Cumbre Vieja, que fica localizado na ilha de La Palma, na costa do continente africano.

Brasil pode ser atingido por tsunami; entenda

Imagem: Pevolca/Divulgação

16 de setembro de 2021 - 14:20 - Atualizado em 17 de setembro de 2021 - 13:33

De acordo com pesquisadores, o vulcão poderia provocar um tsunami que pode atingir o Brasil, o impacto seria maior nas regiões norte e nordeste do país. A Asociación Volcanes de Canarias está atualizando a situação do vulcão pelo Twitter.

Até o momento não há mais informações sobre a situação.

Leia Também

FB_IMG_1659886245921 FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul se despede de Marta Vasconcelos, amigos fazem homenagens nas redes sociais
FOTO: ELIAS FERREIRA / LUPA NEWS HOSPITAL CASSEMS
Hospital Cassems de Dourados ganha moderno aparelho de ressonância magnética
FOTO: ELIAS FERREIRA / LUPA NEWS VOLTA ÀS ARENAS
Locutor Sidney Correa vai voltar às arenas de rodeio depois de vencer a luta pela vida
INVESTIMENTO DO GOVERNO MS
Assinado convênio para maior investimento da história do Hospital de Rio Brilhante
COVID NO BRASIL
Covid-19: Brasil registra 261 óbitos e 40,4 mil casos em 24 horas
LENDA DO HUMORISMO
Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos
UNIGRAN DOURADOS - FISIOTERAPIA UNIGRAN DOURADOS - FISIOCLÍNICA
Você sonha em cursar Fisio?, clique aqui e conheça a Clínica de Fisioterapia da UNIGRAN
PÕE O CASACO
Previsão indica que calorão vai ceder e frio pode chegar com tudo em Fátima do Sul e região
100 PERÍCIA
Senado aprova regras que podem dispensar perícia médica do INSS
COVID NO BRASIL
Brasil registra 265 novas mortes por Covid nas últimas 24 horas