Menu
SADER_FULL
terça, 24 de maio de 2022
SADER_FULL
Busca
SOLIDARIEDADE

Biden anuncia que vai mandar vacinas para o Brasil e outros países

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai mandar vacinas para o Brasil e vários outros países para ajudar no combate à Covid-19. O anuncio foi feito nesta quinta-feira (3).

3 Jun 2021 - 13h47Por So Noticia Boa

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai mandar vacinas para o Brasil e vários outros países para ajudar no combate à Covid-19.  O anuncio foi feito nesta quinta-feira (3).

O plano do governo norte-americano é compartilhar pelo menos 80 milhões de doses com o resto do mundo até o final de junho, com já informou o Só Notícia Boa, mas nesta primeira fase vai entregar 25 milhões de doses.

E os imunizantes doados são da Moderna, Pfizer e Johnson & Johnson e AstraZeneca. As doses serão enviadas nos próximos dois meses.

O presidente Biden disse que os EUA trabalharão com o consórcio Covax, da OMS, e outros parceiros para distribuir as doses de maneira igualitária em todo o mundo.

Veja como será a distribuição:

  • 6 milhões de doses vão para a América Latina e o Caribe (Brasil, Argentina, Colômbia, Costa Rica, Peru, Equador, Paraguai, Bolívia, Guatemala, El Salvador, Honduras, Panamá, Haiti, República Dominicana e outros países da Comunidade do Caribe);
  • 7 milhões para o sul e sudeste Asiático (Índia, Nepal, Bangladesh, Paquistão, Sri Lanka, Afeganistão, Maldivas, Malásia, Filipinas, Vietnã, Indonésia, Tailândia, Laos, Papua Nova Guiné, Taiwan e Ilhas do Pacífico);
  • E cerca de 5 milhões para a África, distribuídas entre os países selecionados em coordenação com a União Africana.

Até o momento, os EUA já mandaram doses da AstraZeneca ao Canadá e ao México. Esse imunizante ainda não foi aprovado pela agência reguladora do país.

Motivo da doação

Joe Biden afirmou também também que, nas próximas semanas, conversará com outras democracias para ampliar os esforços na mitigação da pandemia e que espera anunciar progressos até a cúpula do G7 em junho, que acontecerá no Reino Unido.

E explicou o motivo da doação:

“Os EUA nunca estarão totalmente seguros até que a pandemia esteja sob controle globalmente. Nenhum oceano é largo o suficiente, nenhum muro é alto o suficiente para nos manter seguros”, declarou.

“Doença e morte fora de controle em outros países pode desestabilizá-los e nos posar risco também”.

Com informações da CNN e Metrópoles

Leia Também

FOTO: ARQUIVO FAMILIAR FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul se despede de Adalgisa Kintschev, família informa horário do velório
MAUS TRATOS EM ASILO
Polícia investiga supostos maus-tratos em asilo de MS com idosos presos a cadeiras de rodas
COVID-19 NO MS VOLTOU A SUBIR
Casos de covid voltam a subir, mas procura por doses de reforço da vacina cai 63% em MS
LIÇÕES DA BIBLIA
O enganador enganado
AQUEÇA UMA VIDA
Jateí e 35 municípios do MS vão receber cobertores doados pelo Governo Reinaldo Azambuja
COVID 19 FIM DE EMERGÊNCIA
Covid-19: Mato Grosso do Sul decreta fim da Emergência de Saúde Pública
BOLETIM CORONAVÍRUS FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
Casos de Covid disparam e semana fecha com números preocupantes em Fátima do Sul
Geada atingiu 12 cidades de MS - Crédito: Ricardo Mulinari / Top Mídia News MUITO FRIO NO MS
Geada é registrada em 12 cidades de MS com mínima de 1ºC
Jaynne durante uma internação - Crédito: Arquivo Pessoal DEODÁPOLIS - VAMOS AJUDAR
Jovem de Deodápolis com doença rara faz 'vakinha' para alugar aparelho respiratório e ir a faculdade
COMBATE A EXPLORAÇÃO SEXUAL
Operação prende 120 por exploração sexual e resgata garotas