Menu
SADER_FULL
quarta, 2 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
saúde

Anvisa proíbe fabricação e venda de anel que eliminaria ronco

23 Jan 2014 - 13h02Por Agência Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a fabricação ou importação, distribuição, comércio e uso do produto "Anel para ronco", feito por empresa desconhecida e vendido na internet. A decisão foi publicada nesta quinta-feira, dia 23 de janeiro, no Diário Oficial da União.

Segundo a publicação, o produto não possui registro ou cadastro na Anvisa, portanto, não passou por testes antes de ser liberado para a venda.

O órgão pede ainda a retirada do ar do site www.deixarderoncar.com.br que divulga detalhes sobre o produto e formas de pagamento. O G1 tentou contato com os responsáveis pela distribuição do anel para ronco, mas ainda não teve retorno.

Segundo a descrição do produto no site, o anel terapêutico para ronco já foi lançado no Japão e é indicado para “quem tem o hábito de roncar, sofre de insônia ou tem sono agitado”.

O anel seria feito de prata pura. Para funcionar, o usuário teria que colocá-lo no dedo mínimo da mão esquerda, entre a junção e a segunda articulação, 30 minutos antes de dormir.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - COVID-19
Perto do colapso, região de Dourados tem 1 UTI para cada 50 mil pessoas
BRASIL - 173.229 MORTES
Casos e mortes por coronavírus no Brasil: 1° de dezembro, segundo consórcio de veículos de imprensa
100 LEITOS
Com 100% de leitos UTI Covid ocupados, Ponta Porã sofre risco de "improvisar atendimento"
AIDS
No Dia Mundial da Luta Contra a Aids, SES destaca importância da conscientização e prevenção
CORONAVÍRUS NO MS
Secretaria de Estado de Saúde articula ampliação de 60 leitos de UTIs em Mato Grosso do Sul
COVID-19 DISPAROU
Brasil precisa levar o aumento de casos de Covid-19 a sério, alerta OMS
QUASE 100 MIL
MS já soma 99.061 casos confirmados e tem 1.769 mortes por coronavírus
REFORÇO NO COMBATE A COVID-19
Governo de MS abre processo seletivo para 80 profissionais de saúde para o Hospital Regional
MS - 1.766 MORTES
Secretaria confirma mais 758 casos e 9 mortes por covid-19; internações mais que dobram
Com mais 123 exames positivos para coronavírus (Covid-19) nas ultimas 24 horas, FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
SINAL VERMELHO: Mais 20 casos são confirmados e 112 suspeitos nas últimas 24h em Fátima do Sul