Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 28 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
CIA DO BICHO
VICENTINA - PREFEITO DO POVO

Sato diz que trabalho será mais forte e que ‘democracia’ foi respeitada em Vicentina

18 Mar 2014 - 08h30Por ROGÉRIO SANCHES / FÁTIMA NEWS

O prefeito do município de Vicentina, Hélio Toshiiti Sato (PMDB), acumulou mais uma vitória em favor da sua eleição vencida nas urnas durante as eleições municipais de 2012.

Ontem, segunda-feira (17), no Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Mato Grosso do Sul, o Tribunal julgou o processo de cassação do prefeito de Vicentina, Hélio Sato, que por 6 votos a 0, Hélio foi absolvido de forma unânime da acusação de compra de votos nas eleições de 2012.

A ação de cassação pelo crime eleitoral de compra de votos foi ingressada junto à justiça eleitoral de Fátima do Sul, que em um primeiro momento não aceitou a denúncia do candidato derrotado Cléber Dias da Silva. Após a denúncia não ter sido aceita pela justiça eleitoral de Fátima do Sul, Cléber recorreu junto ao TRE que acabou acatando a denúncia.

Para o prefeito Hélio Sato, quem sai ganhando mais uma vez em mais esse processo todo é o povo da cidade de Vicentina, e destaca “A democracia foi respeitada. É a nossa terceira vitória, uma nas urnas, uma em Fátima do Sul e agora no Tribunal Regional Eleitoral, não devemos nada e Deus nos brindou em mais essa vitória no TRE. Venho trabalhando incansavelmente desde que assumi a administração municipal em janeiro de 2013, nesses quase 1 ano e 3 meses de administração, conseguimos inúmeras conquistas em todas as pastas administrativas, e de agora para frente garanto para cada um Vicentinense, que o trabalho será ainda mais forte e conclamo a todos para juntos sermos unidos por um só ideal, que é o melhor para no nosso município de Vicentina”, finalizou Hélio Sato.

HISTÓRIA DA URNA DESAPARECIDA

Deve ainda ser considerado que houve pessoas querendo tumultuar as eleições de Vicentina. É público e notório que, na cidade de Vicentina, foi espalhado, por quem não se sabe, que o juiz eleitoral havia sumido com 2 urnas eletrônicas. Isso ocorreu quando a apuração estava acirrada.

Essa circunstância  causou furor em parte da população e esquentou os ânimos dos partícipes de ambos os lados. Que isso era mentira era muito fácil verificar e provar. As urnas de Vicentina foram apuradas muito celeremente. Mesmo assim, o absurdo boato se espalhou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em Caarapó, Reinaldo Azambuja inaugura indústria com 300 empregos e entrega reforma de escola
PÁTIO ZERO
VEJA COMO PARTICIPAR: Detran-MS abre três leilões com mais de 700 motocicletas nesta terça-feira
NOTA MS PREMIADA
SERÁ QUE FOI VOCÊ: Mais de R$ 640 mil ainda não foram resgatados do Nota MS Premiada
VALORIZAÇÃO
Salários dos mais de 79 mil servidores estaduais será depositado nesta sexta e disponível no sábado
PREFEITO
Sul Mato grossense perfumeiro desbanca atual prefeito e vence eleição em Foz do Jordão-PR
JAIME VERRUCK. Secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul - Álvaro Rezende/Correio do Estado RELAÇÃO COMERCIAL
"A China é um mercado prioritário para MS", diz secretário
AÇÕES DO GOVERNO MS
Com delegacia virtual, Governo amplia combate a violência contra as mulheres
Política
Estado de MS destina novos equipamentos de borrifação aos municípios no combate ao Aedes Aegypti
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Reinaldo entrega 420 equipamentos de combate ao mosquito Aedes aegypti e destaca sintonia no combate
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS entrega veículos para potencializar produção de erva-mate na faixa de fronteira