Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de julho de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
eleições em ms

Reunião entre caciques do PMDB define hoje se apoia PT ou PSDB

O senador Delcídio do Amaral (PT) e o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) disputarão o segundo turno

7 Out 2014 - 07h42Por Campo Grande News

Literalmente, o PMDB virou a virgem disputada pelo PT e o PSDB no segundo turno em Mato Grosso do Sul. Do lado petista, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Jerson Domingo(PMDB), articula com caciques peemedebistas como o governador André Puccinelli. A rumores que a candidata eleita ao Senado Simone Tebet e o também candidato reeleito a Assembleia Legislativa e presidente do PMDB regional Junior Mochi estão inclinados a manter a aliança nacional e fazer a dobradinha PT-PMDB no Estado. Tanto é que ontem os dois líderes se reuniram para discutir com quem o partido iria compor nessa segunda fase das eleições. Daqui a pouco, por volta das 8 horas, está previsto a última rodada de reuniões da sigla para definir que caminho o partido irá tomas nas eleições deste ano.

Ontem, pela manhã Domingos e Puccinelli se reuniram na casa do presidente da Asembleia Legislativa para discutir a aliança. Já no periodo da tarde foi a vez de Simone e Mochi discutirem qual caminho iriam tomar na eleição de segundo turno para o governo do Estado.

Na mesma reunião onde Domingos e Puccinelli estiveram também compareceu o presidente regional do PSDB Márcio Monteiro que também tentando articular com o presidente da Assembleia uma forma de compor com o ninho tucano.

Na hora do almoço, o deputado federal e candidato ao governo do Estado Reinaldo Azambuja (PSDB) se reuniu com o senador Waldemir Moka e as conversas do almoço giraram na possibilidade do senador intervir nas bases peemedebista e conseguir o apoio da sigla para os tucanos.

Já no período da tarde, foi a vez do ex-prefeito de Campo Grande e candidato derrotado ao governo do estado Nelsinho Trad se reunir com Azambuja.

Até o momento a sigla está rachada entre o grupo ligado ao governador que prefere compor com o senador Delcidio e outro grupos que quer manter a rixa estadual e não seguir a aliança nacional.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUDELÇA DORNELLES FÁTIMA DO SUL - NOVO DECRETO
Fátima do Sul tem novo Toque de Recolher, Secretária fala sobre decreto, casos e vacinas, ASSISTA
AÇÕES DO GOVERNO MS
Governador sanciona LDO, que prevê receita de R$ 18,47 bilhões para MS em 2022
PARQUE DOS PODERES AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Parque dos Poderes: Com asfalto novo, trecho da Avenida do Poeta é liberado
Fotos: Guilherme Pimentel, Seinfra AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo lança campanha 'Meu Estado, Meu Destino' para promover o turismo regional
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Investimentos do Governo na área habitacional melhoram a qualidade de vida de famílias de Bela Vista
MS FORTE
Azambuja afirma que MS será um dos primeiros estados a retomar atividades econômicas
AÇÕES DEPUTADA MARA CASEIRO
Após pedido de Mara Caseiro, escola recebe 10 computadores do governo estadual
MICROCRÉDITO
MS Contrata + abre pré-cadastro para programa de Microcrédito com juro zero
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Reinaldo Azambuja autoriza obras de pavimentação e recapeamento em Bela Vista
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Agesul retira mais de 800 toneladas de lixo das margens da MS-156 em Dourados