Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 19 de setembro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
+ UMA BAIXA

Regina Duarte deixa comando da secretaria de Cultura do governo Bolsonaro

Atriz assumiu a pasta em 4 de março com a missão de 'pacificar' o setor. Segundo o presidente, ela assumirá a Cinemateca, também vinculada à pasta.

20 Mai 2020 - 09h26Por G1

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quarta-feira (20) a saída da atriz Regina Duarte do cargo de secretária especial de Cultura. Em publicação em uma rede social, o presidente afirmou que ela assumirá a Cinemateca Brasileira, em São Paulo.

A Cinemateca Brasileira é a instituição responsável pela preservação da produção audiovisual brasileira e é vinculada à Secretaria da Cultura.

"Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o Governo e a Cultura Brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias", afirmou Bolsonaro.

Regina Duarte deixa cargo no governo
 
Regina Duarte deixa cargo no governo

Regina Duarte assumiu a pasta em 4 de março, com a missão de "pacificar" o embate entre a classe artística e a indústria da cultura com o governo federal.

Trajetória na secretaria

Desde o início do mandato de Bolsonaro, a secretaria teve alta rotatividade em razão de polêmicas na pasta e em órgãos vinculados a ela.

No dia 5 maio, por exemplo, o governo renomeou maestro Dante Mantovani como presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) que tinha sido exonerado por Regina no primeiro dia da atriz à frente da secretaria.

Segundo o blog da comentarista do G1 e da TV Globo Andréia Sadi, Regina não foi informada e "não entendeu" a nomeação. Mantovani foi exonerado no mesmo dia e o ministro do Turismo, Marcelo Alvaro Antonio, justificou as mudanças por "questões internas".

A saída de Regina Duarte do governo já era um desejo da ala ideológica próxima ao presidente, conforme informou a colunista Andréia Sadi nesta terça.

Questionado sobre a permanência de Regina no governo, Jair Bolsonaro disse que só presidente e vice não podem ser trocados.

A ala política do Planalto tentava afastar as especulações sobre a possibilidade de saída de Regina, mas já havia se frustrado com a fala do presidente sobre a secretária na semana passada.

Bolsonaro queria Regina mais próxima

No fim de abril, na portaria do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro elogiou Regina Duarte, mas disse que gostaria de vê-la mais próxima.

Na ocasião, ela estava em São Paulo. O presidente disse também que ela estava tendo dificuldade em lidar com questões de "ideologia de gênero".

"Infelizmente, a Regina está em São Paulo. Está trabalhando pela internet ali. E eu quero que ela esteja mais próxima. É uma excelente pessoa, um bom quadro. É também uma secretaria que era ministério. Muita gente de esquerda pregando ideologia de gênero. Essas coisas todas é que a sociedade, a massa da população, não admite. Ela tem dificuldade nesse sentido", disse o presidente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXÍLIO AUXÍLIO EMERGENCIAL
Auxílio Emergencial 2021: Confira as datas oficiais de pagamentos
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Parque dos Poderes: Reforma mantém interdições, mas não afeta Amigos do Parque neste fim de semana
SETEMBRO AMARELO
Setembro Amarelo: Mara Caseiro promove evento para debater prevenção ao suicídio
Motoristas Aplicativos Fto Chico Ribeiro 33 730x425 AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em MS, Reinaldo Azambuja fortalece ações de fomento ao turismo e à atividade de motoristas de apps
Foto: Guilherme Pimentel EXPOAGRO NA DIGITAL
Riedel fala sobre as potencialidades econômicas do Brasil e de MS em palestra na Expoagro
Vereadores da Câmara de Fátima do Sul com Energisa FÁTIMA DO SUL - REUNIÃO COM ENERGISA
Em reunião na Câmara, Energisa garante melhorias para não 'faltar energia' em Fátima do Sul
SECRETÁRIO NA EXPOAGRO DIGITAL
Riedel ministra palestra sobre sucessão familiar na Expoagro Digital
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Estruturação de carreira pauta diálogo entre SAD e administrativos da Educação
AÇÕES DO DEPUTADO BARBOSINHA
Barbosinha aprova iniciativa da União de criar programa habitacional para profissionais da segurança
AÇÕES DO GOVERNO MS
Governo vai criar política estadual de apoio aos motoristas de aplicativo e de táxi em MS