Menu
SADER_FULL
domingo, 12 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Reforma da Previdência dos militares pode aumentar salários em até 75%

Caso seja aprovada na íntegra, a reforma da Previdência das Forças Armadas pode gerar um aumento de até 75% nas remunerações dos militares.

20 Out 2019 - 09h10Por Extra

Caso seja aprovada na íntegra, a reforma da Previdência das Forças Armadas pode gerar um aumento de até 75% nas remunerações dos militares. Isso porque a proposta apresentada pelo governo cria novos adicionais que são incorporados ao soldo até mesmo na inatividade.

No caso do adicional de habilitação, por exemplo, que já existe, o percentual de 30% para altos estudos categoria I passaria a ser de 73%. Um aumento, portanto, de 43%. Além disso, esses militares teriam direito ainda a um adicional de disponibilidade militar, criado pelo projeto de lei que reestrutura a carreira, no valor de 32%, que somado ao adicional de habilitação representaria um aumento salarial de 75%. No caso dos cabos e soldados, o aumento com esses dois adicionais seria de apenas 17%.

Economia reduzida com a reestruturação da carreira

A economia proposta com a reforma dos militares é de R$ 97,3 bilhões em dez anos. Porém, a reestruturação dos salários custará R$ 86,85 bilhões, levando ao resultado fiscal líquido de R$ 10,45 bilhões. A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o texto irá se reunir na próxima terça-feira para discutir e votar o parecer do relator, deputado Vinicius Carvalho (Republicanos-SP). Os parlamentares iniciaram a discussão na última quarta-feira, mas houve divergências em relação ao reajuste salarial previsto até 2023.

Deputados divergem sobre percentuais dos adicionais

As divergências ocorreram porque uma parte dos deputados defende que os percentuais sejam os mesmos para todos, enquanto a ala mais alinhada ao governo defende que seja mantido o texto original, com percentuais que crescem conforme a hierarquia. Após o racha no PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, o líder da legenda na Câmara, Delegado Waldir, teria se unido ao Psol para aumentar o reajuste de praças e soldados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DA AL/MS
Calamidade pública chega a mais da metade das cidades sul-mato-grossenses, confira a lista
AÇÕES DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
Parceria da ALEMS e entidades garante a entrega de 40 mil protetores faciais
AÇÕES DEPUTADO BARBOSINHA
Guarda Mirim recebe mais de R$ 300 mil da emenda de Barbosinha para sede própria
JATEÍ - NA PANDEMIA
JATEÍ faz distribuição de cestas básicas as famílias dos alunos de baixa renda e em vulnerabilidade
DOURADOS - PANDEMIA
Em meio a pandemia, mais de 100 merendeiras da Rede Municipal são demitidas em Dourados
BORA PRA BONITO - MS???
Bonito (MS) irá operar com tarifa de baixa temporada até 18 de dezembro e descontos de até 60%
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Pandemia não desacelera investimentos e MS tem R$ 1 bi aplicado em obras
DOURADOS - NO COMBATE AO COVID-19
Epicentro da Covid-19 em MS, Dourados alinha ações com o Estado
DOURADOS - TENTAR CONTER O VÍRUS
Dourados publica decreto que fecha bares e academias por 10 dias
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Estado garante recursos para asfalto novo em ruas e avenidas de Campo Grande