Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 14 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
gestão pública

Prima de vereador deve ficar com vaga de diretora demitida por Bernal em Ceinf

29 Out 2013 - 10h57Por Mídia Max

A prima de segundo grau do vereador Carlão (PSB), Nahlú Borges dos Santos, deve assumir a direção da Ceinf (Centro de Educação Infantil) onde o prefeito Alcides Bernal (PP) destituiu a diretora Sônia Lira, após ser encontrada carne com sebo na merenda das crianças. Ao invés de punir a empresa fornecedora de alimentos, a Salute, o prefeito mandou abrir sindicância para destituir Sônia e agora um processo administrativo que pode custar o concurso da diretora.

Nahlú que deve assumir a Ceinf Cláudio Marcos Mancini . Ela comandava a Ceinf Paulo Siufi, mas foi destituída no início do ano, junto com outras 26 diretoras, conforme o Diário Oficial do dia 13 de fevereiro de 2013. Bernal chegou a dizer que elas saíram porque não tinham capacidade técnica para estar no cargo.

Entretanto se tornou público que a exoneração foi devido a cobrança de muitas educadoras, que alertaram o prefeito que as diretoras, ligadas ao grupo do PMDB, faziam campanha difamatória diariamente contra a administração de Bernal.

A diretora demitida deve ser restituída ao cargo e ocupar a vaga na Ceinf Cláudio Marcos Mancini. Procurado pela reportagem, o vereador Carlão confirmou seu parentesco com Nahlú e disse que ela está voltando por mérito do currículo dela.

“Ela é minha prima de segundo grau e foi demitida no início do ano. Na época eu fui até conversar com a Thais Helena, porque ela era diretora há mais de 10 anos, então tinha qualificação. Pedi pra readmiti-la, mas isso ficou de ser estudado para quando surgisse uma oportunidade”, disse.

Questionado se então ela estaria voltando devido a um pedido dele ao prefeito, Carlão negou ter tido qualquer interferência. “Não tenho nada com isso. Me parece que ela vai voltar, disseram alguma coisa pra ela, mas não sei onde vai ser, tem muitos Ceinfs ficando prontos. E, se voltar, é por mérito do currículo dela”, finalizou.

Recentemente o vereador Carlão que é ligado ao grupo do governador André Puccinelli (PMDB), surpreendeu durante decisão da abertura da comissão processante, votando contra a instauração da investigação que pode cassar o mandato de Bernal.

Procurado pela reportagem o prefeito disse que todo quadro qualificado será reaproveitado se for o caso. Questionado sobre a mudança de postura, por tê-la demitido alegando incapacidade técnica e agora dizer que é qualificada e conseguir uma recolocação, Bernal recuou.

“Não tem ninguém ruim, não tem nada disso. Nós estamos fazendo uma reavaliação e tendo capacidade de ser uma boa diretora poderá ser reconduzida”, disse encerrando a conversa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SENADORA SIMONE TEBET
Simone quer garantir que recursos destinados ao enfrentamento da covid-19 possam ser usados até 2021
VOLTA ÀS AULAS NO MS
Governo avalia testagem em massa para volta às aulas em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Pela primeira vez agricultores familiares do MS serão contemplados com recursos do PAA
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Programa do Governo MS beneficia Agricultura Familiar e assegura comida para famílias carentes
AÇÕES DO DEPUTADO BARBOSINHA
Barbosinha pede a Tereza Cristina recursos para construir uma Ceasa em Dourados
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS lança licitação para obra de asfalto na MS-270 em Ponta Porã
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
“Estamos saindo na frente”, diz Reinaldo sobre projeto de concessão da Sanesul
COVID-19
Em sessão remota, Eduardo Rocha pede um minuto de silêncio pelas mais de 100 mil mortes por covid-19
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Revitalização da Mato Grosso tem custo reduzido e quilômetro sai por R$ 759 mil
DEODÁPOLIS - NAS REDES SOCIAIS
Márcio Teles pede reativação do centro cirúrgico do HMCR em Deodápolis