Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 4 de março de 2021
SADER_FULL
Busca
VACINA NO MS - CORONAVÍRUS

Prefeitos já se planejam para vacinação nas aldeias e elogiam ações do Estado no combate à pandemia

Os prefeitos dos municípios com grande população indígena no Estado

19 Jan 2021 - 08h09Por Subsecretaria de Comunicação de Mato Grosso do Sul

Os prefeitos dos municípios com grande população indígena no Estado já começaram o planejamento para vacinação da covid-19 nas aldeias, já que o grupo está na primeira fase do plano de imunização. Eles também elogiaram a atuação e dedicação do governo estadual no enfrentamento a pandemia e empenho para que Mato Grosso do Sul começasse a imunizar a população.

A primeira etapa de vacinação será destinada aos idosos com mais de 60 anos que moram em instituições de casas de repouso e asilos, além dos trabalhadores de saúde que estão na linha de frente da Covid-19 e das comunidades indígenas, em que Mato Grosso do Sul tem a segunda maior população do Brasil.Prefeito de Aquidauana (Foto: Chico Ribeiro)

O prefeito de Aquidauana, Odilon Ribeiro, vai se reunir com sua equipe de saúde para definir como será a vacinação no município, que tem uma população indígena de 12 mil pessoas, em 11 aldeias. “Eu gostei muito do critério adotado e achei bem feito colocar os indígenas nesta primeira fase entre os prioritários”, descreveu. A cidade também tem 5.82 idosos (acima de 60 anos), segundo o IBGE (Instituto Brasileira Geografia e Estatística).

Já em Dourados, com aproximadamente 18 mil indígenas, o prefeito Alan Guedes também citou que já começou o planejamento (vacinação) para as aldeias e que neste momento aguarda a definição de quantas doses irá ao município, para fazer os ajustes necessários. “Temos a maior reserva indígena perto da cidade e que precisa de muita atenção, em função da doença”. Também haverá o cuidado com os idosos, que chegam a 18.231 no município.Prefeito de Amambaí (Foto: Chico Ribeiro)

Para o prefeito de Amambai, Edinaldo Luiz de Melo, tanto o cuidado com a pandemia, como a imunização é o resultado do empenho do governador Reinaldo Azambuja, do secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel e do secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende. “Houve um grande esforço do Estado nas medidas ao longo da pandemia e agora na distribuição (vacinas) ”.

Ele ressaltou que a chegada da vacina será um “divisor de águas” e um marco importante no tratamento da doença, dando esperança para se chegar ao controle da pandemia. “Estamos muito felizes e já em contato com a Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) para montar esta estratégia de ação nas comunidades indígenas”. A cidade de acordo com o IBGE conta com 3.329 idosos e 8,8 mil indígenas.

Prefeito de Miranda (Foto:Chico Ribeiro)

Em Miranda a população estimada é de 8 mil indígenas, destes 795 acima de 60 anos. O prefeito Edson Moraes vai se reunir com sua equipe de saúde para também fazer o planejamento desta imunização. No município também são 2.375 idosos.

Comunidade indígena

A subsecretaria estadual Políticas Públicas para a População Indígena, Silvana Terena, comemorou a chegada das vacinas e a inclusão dos indígenas já na primeira fase. “Temos a segunda maior população (indígena) do País e a vacina nos deixou muito contente e alegres, porque já perdemos muitas pessoas queridas nas comunidades, entre idosos, jovens e mulheres”, declarou.

Silvana disse que a pasta acompanhou todo o processo e empenho do governador nas ações de combate à pandemia e a busca pelas vacinas. “As comunidades indígenas agradecem e nos anima a ter esperança para combater este vírus, que já nos trouxe tantas notícias ruins”.

Em Mato Grosso do Sul, segundo a Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI/MS), a população indígena soma 80.459 habitantes, presentes em 29 municípios. Eles são representados por oito etnias: Guarani, Kaiowá, Terena, Kadwéu, Kinikinaw, Atikun, Ofaié e Guató.Indígenas aldeados são prioridade no plano de imunização (Chico Ribeiro)

Já a população acima de 60 anos no Estado é de aproximadamente 412 mil pessoas, o que representa 15% da população sul-mato-grossense, conforme dados divulgados pelo IBGE.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Mariana Anjos - Assessoria deputado Eduardo Rocha AÇÕES DEPUTADO EDUARDO ROCHA
Deputado Eduardo Rocha é reeleito vice-líder do governo de MS na Assembleia Legislativa
Foto: Mariana Anjos - Assessoria deputado Eduardo Rocha AÇÕES DEPUTADO EDUARDO ROCHA
Deputado Eduardo Rocha recebe autoridades de São Gabriel do Oeste e debatem sobre emendas
FERTEL TEM NOVO DIRETOR-PRESIDENTE
Jornalista Ico Victório toma posse como diretor-presidente da Fertel
AÇÕES DO DEPUTADO BARBOSINHA
Barbosinha pede ação emergencial para conter abuso das taxas cartorárias no Estado
NOVA ELEIÇÃO
Sidrolândia terá nova eleição para prefeito, decide Tribunal Superior Eleitoral
CORONAVÍRUS NO MS
Covid-19: governador volta cobrar liberação de "mais vacinas em menor tempo"
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Para melhorar malha rodoviária de Três Lagoas, governo assina contrato de R$ 6,9 milhões
Katiuscia Fernandes - Subcom ENERGIA SOLAR NO PANTANAL
Entenda como paineis solares vão garantir energia elétrica a 5 mil no Pantanal
APROVADO NA ALEMS
APROVADO: 'Fura-filas' da vacina podem ser multados em mais de R$ 90 mil em MS
Governador de MS, Reinaldo Azambuja, em entrevista coletiva esta manhã (Foto: Paulo Francis) CORONAVÍRUS EM MS
Reinaldo critica "politização da pandemia" e diz que "idiota" espalha fake news