Menu
SADER_FULL
quinta, 22 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
ELEIÇÕES 2014 - PESQUISA NO ESTADO

Pesquisa para sucessão estadual indica Delcídio à frente de Nelsinho

Na pesquisa do Ipems (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul), publicada

3 Abr 2014 - 08h14Por CORREIO DO ESTADO

Na pesquisa do Ipems (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul), publicada na edição de hoje do jornal Correio do Estado, realizada em 20 municípios do Estado, aponta o senador Delcídio do Amaral (PT) à frente do ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad Filho (PMDB) com 20,42 pontos percentuais na pré-corrida à sucessão estadual. Se as eleições fossem hoje, Delcídio receberia 44,50% das intenções de voto contra 24,08% de Nelsinho e 13,92% do deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB). Os indecisos e a manifestação dos eleitores de não votar em nenhum dos candidatos somam 17,50%.

A pesquisa foi realizada no período de 21 a 29 de março com 1200 eleitores acima de 16 anos dos 20 maiores municípios de Mato Grosso do Sul. A margem de erro é de 2,83 pontos percentuais para mais ou para menos, num grau de confiança de 95%, do resultado total da amostragem.

A disputa mais equilibrada ocorreria na microrregião de Campo Grande, onde Delcídio e Nelsinho estão praticamente empatados tecnicamente. O pré-candidato petista teria hoje 33,65% das intenções de voto contra 32,23% do peemedebista. O tucano Azambuja receberia 16,83%.Segundo o Ipems, a grande vantagem de Delcídio foi verificada na região do baixo Pantanal. Ele teria hoje 62,30% das intenções de voto contra 18,03% de Nelsinho e 3,28% de Azambuja. A região, destacando as cidades de Corumbá e Ladário, faz parte da principal base eleitoral do senador.

Dados
A pesquisa do Ipems (Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul) foi contratada pelo Correio do Estado para apurar o desempenho dos pré-candidatos a governador.
O levantamento foi feito no período de 21 a 29 de março com 1200 eleitores dos 20 maiores municípios do Estado. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS) sob o número 00005/2014.

A reportagem é de Adilson Trindade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GUERRA DA VACINA
Bolsonaro diz que não comprará vacina chinesa, mesmo se aprovada pela Anvisa
RIO PARANA
A pedido do Governo de MS e PR, União autoriza estudo para obra viária em Taquarussu e região
COMODIDADE
Totens de serviços do Detran-MS prometem agilizar atendimento
ELEIÇÕES 2020
Promotores Eleitorais propõem 371 ações de impugnações de registro candidaturas em MS
OBRAS PARALISADAS
Novo prefeito terá desafio de criar 3 mil vagas nas creches em Dourados
MS 43 ANOS
Com investimentos do Estado, Itaquiraí entrega moradias e estimula geração de empregos
DEPUTADOS CANDIDATOS A PREFEITO
Com 05 deputados sendo candidatos a prefeito, veja quem entra se caso ganharem as eleições
JATEÍ - CONSULTORIA SEBRAE
Biossegurança: SEBRAE apresenta consultoria em Jateí
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Seja no meio rural ou urbano, Governo do Estado investiu na infraestrutura de Juti
MS 43 ANOS
Governo garante mais de R$ 45 milhões para obras de infraestrutura em Naviraí