Menu
SADER_FULL
quarta, 12 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
política

Pesquisa mostra reviravolta e Nelsinho na frente de Delcídio na Capital

13 Dez 2013 - 11h05Por Campo Grande News

Pesquisa do Idope, realizada entre os dias 30 de novembro e 9 de dezembro deste ano, mostra virada nas intenções de voto para o Governo do Estado entre os eleitores de Campo Grande. Com margem de erro de 2,5% para mais ou menos, o levantamento mostra que o pré-candidato do PMDB, Nelson Trad Filho (PMDB), abriu vantagem de 5,88% sobre o pré-candidato do PT, senador Delcídio do Amaral. 

O secretário estadual de Articulação com os Municípios obteve 31,64%, contra 25,76% do senador petista. 

Conforme o levantamento, o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), ficou em terceiro lugar, com 13,61%, enquanto o juiz federal Odilon de Oliveira (sem partido), obteve 9,51%. A pesquisa é completada com Pastora Janete Morais (1,31%), Luiz Pedro Guimarães (0,07%). Outros 7,07% votam em branco ou nulo e 11,0,3% não opinaram.

Houve uma reviravolta em relação a setembro, quando Delcídio liderava com 36,40%, contra 27,14% de Nelsinho, enquanto Reinaldo tinha 13,6%. Neste cenário, o petista caiu 10,64 pontos percentuais, enquanto o peemedebista subiu 4,5.

A pesquisa mostra empate técnico na pesquisa espontânea em dezembro, com Nelsinho Trad com 16,05%, contra 15,19% de Delcídio. Após os protestos de junho, que chegaram a levar 60 mil pessoas contra a corrupção em Campo Grande, o senador teve queda de 13 pontos percentuais, de 28,89% para 15,19%. Nelsinho também oscilou, de 22,17% para 16,05%. Azambuja variou de 8,66% para 6,67%.

 
Delcídio perde terreno na disputa pela sucessão estadual na Capital (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)Delcídio perde terreno na disputa pela sucessão estadual na Capital (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)

No entanto, não houve aumento no número de votos nulos ou branco, já´que o percentual passou de 2,46% para 2,71%. Por outro lado, o número de indecisos disparou entre junho e dezembro, de 27,89% para 52,02%.

Região – Considerando-se as sete regiões de Campo Grande, Nelsinho Trad obtém o maior índice entre os eleitores das regiões Central (34,17%), Prosa (34,24%) e Imbirussu (34,63%). O menor percentual foi registrado no Bandeira (27,46%).

Já Delcídio obtem as melhores colocações no Segredo (29,09%), Imbirussu (27,8%) e Anhanduizinho (26,57%). Azambuja obtém a melhor colocação no Centro (29,17%). Odilon tem o melhor percentual no Lagoa (13,01%).

Dados – A pesquisa Idope ouviu 1.514 eleitores entre os dias 30 de novembro e 9 de dezembro deste ano em Campo Grande. A margem de erro é de 2,5% e o grau de confiança é de 95%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Em sessão remota, Eduardo Rocha pede um minuto de silêncio pelas mais de 100 mil mortes por covid-19
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Revitalização da Mato Grosso tem custo reduzido e quilômetro sai por R$ 759 mil
DEODÁPOLIS - NAS REDES SOCIAIS
Márcio Teles pede reativação do centro cirúrgico do HMCR em Deodápolis
DEU RUIM - OZONIOTERAPIA
COVID: Deputada que apoia aplicação de ozônio no combate ao coronavírus é internada com covid-19
PROCESSO SELETIVO
Governo divulga resultado preliminar de processo seletivo para área da saúde
100 MOTIVAÇÃO
Desiludido e com medo de contágio, eleitor de MT vai sumir das urnas
AÇÕES DEPUTADO BARBOSINHA
Barbosinha reivindica e Detran inicia ampliação em Dourados
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Estado autoriza obras nas rodovias Guaíra Porã e MS-290, em Iguatemi
DESRESPEITOSO
Bolsonaro é alvo de ação por falas sobre mulheres
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo de MS apresenta PPP do Esgotamento Sanitário no Roadshow da B3