Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 2 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
ELEIÇÕES 2014

Odilon recebe convite para ser vice de Delcídio e pode acumular Secretaria de Segurança

O senador Delcídio do Amaral (PT) convidou o juiz federal Odilon de Oliveira para ser

25 Jan 2014 - 12h50Por MIDIA MAX

O senador Delcídio do Amaral (PT) convidou o juiz federal Odilon de Oliveira para ser candidato a vice-govenador. Odilon já pediu a aposentadoria e deve deixar a magistratura até 26 de fevereiro. O magistrado achou “muito interessante” o convite porque o senador contou que, caso aceite e ambos vençam a eleição, o vice será também secretário de Estado de Segurança Pública.

Para o magistrado, é uma grande oportunidade para aproveitar o conhecimento acumulado durante anos atuando para punir os criminosos da fronteira. Odilon já foi advogado, procurador federal e promotor de Justiça.

“Temos conhecimento profundo, estratégico na área. Conheço profundamente toda a região de fronteira e tenho um bom relacionamento no Ministério da Justiça, conheço muita gente lá”, disse Odilon ao Midiamax, neste sábado (25). “Achei uma proposta muito interessante”, acrescentou.

O juiz federal disse ainda que tem o desejo de entrar na esfera política por considerar a área extremamente importante e entender que “a atuação política é muito compatível” com a experiência dele.

“Juiz tem que ter um perfil diferente, conhecer a sociedade, e isso é próprio da política. Dediquei meio século à sociedade e tenho que dedicar mais meio século também. Meu objetivo único é o de beneficiar a sociedade e fazer aquilo que eu sei”, declarou.

Disputado - Odilon também recebeu convite do pré-candidato a governador Nelsinho Trad (PMDB), mas para disputar o cargo de deputado federal. Ele ainda analisa as propostas. “O cargo de deputado federal também me atrai muito”, diz. “Recebi convites de todos os partidos [para ser candidato], menos do PSDB”.

Segurança – Independentemente do futuro político, Odilon deverá continuar sob forte escolta de policiais federais. “Eu deixo o cargo de juiz, mas com certeza precisarei da escolta pelas pessoas que atingi. Sempre tem o desejo de vingança. Será algo necessário a vida inteira”, afirmou. O juiz federal foi o responsável por condenar perigosos traficantes de armas e drogas na região de fronteira.

Ele encaminhou um ofício, na semana passada, ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça) para manter a escolta mesmo após a aposentadoria. Caso o pedido não seja aceito, Odilon entrará com uma ação na Justiça Federal para obrigar a União a manter a segurança.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VALORIZAÇÃO
Com 13º integral pela primeira vez, professora da REE agradece pela valorização dos convocados em MS
EM BRASÍLIA
Em Brasília, Reinaldo Azambuja pede inclusão de rodovia Sul-fronteira no Orçamento da União
GESTÃO EFICIENTE
Com gestão eficiente, Governo paga 13° salário dos servidores nesta terça-feira
VICENTINA - SICREDI CHEGOU!
Inauguração do Sicredi é mais um passo dado no caminho do desenvolvimento, diz prefeito de Vicentina
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo publica Decreto e institui programa para desenvolver e fortalecer o cooperativismo em MS
A PEDIDO DOS SERVIDORES
A pedido dos servidores, Governo de MS paga 13° salário nesta terça-feira
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Pavimentação da MS-389 está entre as obras do Governo Presente
REFORÇO NO COMBATE A COVID-19
Governo de MS abre processo seletivo para 80 profissionais de saúde para o Hospital Regional
JATEÍ - BALANÇO POSITIVO
JATEÍ: Reeleito, Eraldo cita obras, ações e resgate da história 'Fechando gestão com chave de ouro'
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em Caarapó, Reinaldo Azambuja inaugura indústria com 300 empregos e entrega reforma de escola