Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 1 de abril de 2020
SADER_FULL
Busca
MEDICAL CENTER - POLONIO
Política

O Globo: Escutas indicam suposto encontro de Bernal com grupo que fraudou previdência

23 Set 2013 - 16h43Por Mídia Max

Reportagem veiculada pelo Jornal O Globo afirma que o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), teria se reunido com integrantes do grupo comandado pelo doleiro Fayed Antoine Traboulsi, acusado de fraudar fundos de previdências de municípios com a quadrilha desmantelada pela Polícia Federal na última semana.

Segundo o jornal carioca, gravações feitas pela Polícia Federal durante a “Operação Miqueias” apontam que o próprio Fayed teria dito que teve conversas com o prefeito campo-grandense em Brasília. Na gravação, Fayed diz que Bernal estaria em Brasília no dia seguinte e afirma que já teria conversado com ele em outra oportunidade.

“Eu já estive conversando da outra vez com ele. Mas eu tô indo para São Paulo às 8 horas da manhã e volto às 2 horas da tarde... Eu acho assim: se você tiver um tempinho, à noite, eu acho que vale a pena convidá-lo para ter uma conversa social, ta”, declarou Fayed a um interlocutor em uma das conversas que a reportagem teve acesso.

Na mesma ligação, ele ainda avisa que vai ligar para o interlocutor para pedir o telefone do prefeito. Segundo a reportagem, a conversa foi gravada com autorização judicial no dia 21 de novembro de 2012, quando Bernal já tinha sido eleito.

Apesar da gravação, o relatório da Polícia Federal que embasou a prisão temporária de 20 integrantes da quadrilha não traz outras referências a Bernal e nem apresenta provas de que o encontro aconteceu. Em entrevista ao jornal, Bernal disse que durante o período de transição e após a posse recebeu várias pessoas, mas não se recordava de encontros com o grupo de Fayed.

A Polícia Federal acredita que a quadrilha tinha o objetivo de corromper políticos para repassar dinheiro dos fundos de previdência municipal para aplicações financeiras indicadas pelo grupo, causando prejuízos aos municípios.

Outros prefeitos

Outra matéria do “Jornal O Globo” revela que Luciane Lauzimar Hoepers, 33 anos, era uma das armas da quadrilha acusada de desviar R$ 50 milhões de fundos de pensão de servidores de prefeituras. A mulher, que chama atenção pela beleza, teria, segundo a publicação, escolhido alvos em Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - CORONAVÍRUS
Em Fátima do Sul, Homem de 51 anos deu entrada com síndrome gripal, resultado saí nesta quarta-feira
CORONAVÍRUS NO MS
MS é exemplo de rapidez em resultados dos exames de coronavírus
VICENTINA - COMBATE AO COVID-19
Prefeito proíbe entregas de mercadorias de outras cidades em comércios e residências em Vicentina
FÁTIMA DO SUL - ATUALIZAÇÃO
Fátima do Sul tem 2 casos suspeitos descartados e 1 em investigação, Confira a atualização
CORONAVÍRUS NO MS
Confira o que MS está fazendo para combater a crise do coronavírus
DOURADOS - COMÉRCIO CONTINUARÁ FECHADO
Sem acordo, Délia diz que comércio continuará fechado na 2ª maior cidade do Estado de MS
JATEÍ - AÇÃO SOCIAL
JATEÍ: Detentas doam seus cabelos para pacientes com câncer do Hospital do Câncer de Barreto
DEODÁPOLIS - NOVO DECRETO
Novo decreto proíbe roda de tereré e narguilé em Deodápolis
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Governo de MS amplia benefício às famílias carentes e orienta sobre cuidados em casa
CORONAVÍRUS NO MS
MS poderá usar cloroquina para tratamento de casos mais graves de Covid-19