Menu
SADER_FULL
quinta, 6 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
SENADOR

Moka é um dos plantonistas durante recesso do Congresso

3 Jan 2014 - 15h01Por ASSESSORIA

O senador Waldemir Moka (PMDB) faz parte da Comissão Representativa do Congresso Nacional que atua durante o recesso do Senado e da Câmara. O sul-mato-grossense foi indicado em dezembro pelo PMDB, que terá ainda na comissão os senadores José Sarney (AP) e Romero Jucá (RR).

A comissão, que é formada por nove senadores e 20 deputados, responde pelos atos da Mesa do Congresso Nacional praticados entre 23 de dezembro e início de fevereiro, quando termina o recesso do legislativo. A comissão está prevista no artigo 58 da Constituição.

Entre as atribuições do colegiado estão decisões em caráter de urgência, como fiscalizar e controlar os atos do Executivo, autorizar a presidente a se ausentar do país, convocar ministros e decidir sobre tratado ou acordo internacional cuja vigência termine durante o período de recesso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - EMENDAS DA SENADORA
Entre construção do Corpo de Bombeiros e saúde, Simone já destinou R$ 1,8 milhão para Fátima do Sul
JATEÍ - TRABALHOS RETOMADOS
Reeducandas retomam trabalho de limpeza urbana com adoção de medidas preventivas em Jateí
RETORNO ÀS AULAS EM MS
MS discute estratégias de retorno às aulas presenciais de forma segura
PONTE DE MADEIRA
Fogo 'engole' ponte e Agesul trabalha para liberar tráfego na MS-228
JATEÍ - PESQUISA REGISTRADA
Eraldo tem 71,2%, indica instituto London Pesquisas, veja os números em Jateí
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Polícias e Bombeiros do MS recebem R$ 50 milhões em investimentos do Governo do Estado
AGRICULTURA FAMILIAR
Fátima do Sul, Glória e Deodápolis receberão caminhões para conservação de estradas 5ª feira
LOCKDOWN
Governador recomenda lockdown, mas diz respeitar autonomia dos municípios
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo MS investe mais de R$5,3 milhões em bolsas de estudo com foco no avanço da ciência e da tecn
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
MS quer ampliar vendas de grãos para o Irã