Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 19 de julho de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
TODOS PELO RIO GRANDE DO SUL

Governo e entidade civil firmam parceria para recompor vegetação nativa na Bacia do Alto Taquari

7 Jun 2024 - 15h36Por João Prestes, Comunicação Semadesc

O Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação) e seus órgãos vinculados, firmou parceria com o Instituto Espinhaço, uma organização da sociedade civil (OSC), para implantar projeto de recomposição nativa, conservação do solo e da água em propriedades particulares estabelecidas nas margens das nascentes e da cabeceira do rio Taquari, na região norte do Estado.

O Termo de Cooperação Técnica foi assinado na tarde de quinta-feira (7), em ato no auditório da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) com as presenças de diversas autoridades e representantes de instituições públicas estaduais e federais.

O secretário adjunto da Semadesc, Walter Carneiro Junior, assinou o documento representando o Governo do Estado, seguido do diretor presidente do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), André Borges, e do diretor presidente da Agraer, Washington de Souza. Pelo Instituto Espinhaço assinou o diretor Luís Cláudio de Oliveira.

Estavam presentes, ainda, o reitor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Marcelo Augusto Turini, o deputado estadual Coronel Davi e o secretário executivo de Meio Ambiente da Semadesc, Artur Falcette.

O diretor presidente do Imasul destacou a importância do acordo e revelou que as tratativas para se chegar àquele momento se desenvolvem há mais de um ano.

"Esse projeto soma-se ao que o Imasul já realizando dentro do Parque Estadual das Nascentes do Rio Taquari, em que estão sendo recuperados seis mil hectares de solo degradado. É fundamental que esse trabalho seja estendido às propriedades privadas do entorno para se obter resultados satisfatórios em termos de qualidade da água", disse Borges.

O projeto Pró-Águas Rio Taquari tem como objetivo promover ações para a conservação do solo e da água e a recomposição da vegetação nativa em 2 mil hectares de propriedades rurais estabelecidas na Bacia Hidrográfica do Alto Rio Taquari, nos Estado de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

O esforço – conforme explicou Oliveira – visa ao aumento da disponibilidade de água, contribuindo com a segurança hídrica para o abastecimento humano, a dessedentação animal, o suporte ao negócio agrícola e às outras atividades essenciais para o desenvolvimento sustentável da região.

Não há aporte de recursos por parte do Governo de Mato Grosso do Sul no projeto e todos os custos serão cobertos por empresas parceiras que o Instituto Espinhaço vai atrair para a iniciativa.

O Instituto Espinhaço é uma entidade internacional sem fins lucrativos fundada em 2009 e tem entre seu quadro de fundadores nomes importantes, como da ex-primeira-dama da França, Danielle Mitterrand, o ex-presidente de Portugal, Mário Soares; intercalados com dezenas de sócios das mais variadas atividades profissionais, como músico, agricultor, empresário, professor, líder sindical e líder indígena. O Instituto atua em 12 países e no Brasil tem projetos em 11 Estados.

O Pró-Águas Rio Taquari tende a ser um projeto piloto, disse Oliveira. A intenção é ampliar a área de abrangência quanto for possível e necessário, a fim de causar o máximo de impacto positivo na qualidade das águas e na vida das pessoas que habitam aquela região. Com a assinatura do Termo de Cooperação Técnica, o Instituto está autorizado a iniciar os trabalhos. A Agraer e o Imasul darão suporte técnico na execução dos trabalhos.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Foto de destaque: Divulgação AGENDA DO FIM DE SEMANA
AGENDÃO: fim de semana tem Bonito CineSur, Férias na Biblioteca, Som da Concha e Sunset Rock Festiva
Foto: Divulgação AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Tecnova: empresários de MS vão receber R$ 15,4 milhões para impulsionar negócios inovadores
DEODÁPOLIS - ELEIÇÕES 2024
DEODÁPOLIS: PSDB define Jean da Saúde como pré-candidato a prefeito e Marcinho do Frigomar como vice
Fotos: Monique Alves AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Mais Social de R$ 450 garante comida na mesa e gás de cozinha para famílias do interior de MS
Renata Brum, Comunicação Segem  AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Egressos do Programa de Estágio do Governo de MS deixam legado na gestão pública

Mais Lidas

O sepultamento de Cristiane ocorrerá nesta quinta-feira (18) / Reprodução/Redes sociaisLUTO NA ENFERMAGEM
LUTO NA ENFERMAGEM: Morte de técnica de enfermagem abala colegas de profissão
WhatsApp / Alvorada InformaMOTORISTA IDENTIFICADO
Identificado motorista encontrado morto em carreta em Nova Alvorada do Sul
Reprodução/Redes SociaisDESPEDIDA - DOR E TRISTESA
DESPEDIDA: Irmã se despede de rapaz morto em MS 'a maldade do mundo tirou você de mim'
FÁTIMA DO SUL - MERCADO JULIFRAN
Confira as OFERTAS desta quarta e quinta do Jorge Mercado Atacarejo em Fátima do Sul
FOTOS: DHIONE TITO / FÁTIMA NEWSFÁTIMA DO SUL - CORRIDA DO FOGO
Bombeiros agradecem e destacam sucesso da 3ª Corrida do Fogo e Passeio Ciclístico em Fátima do Sul