Menu
SADER_FULL
sexta, 3 de julho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS

Governo contrata projeto de engenharia para o acesso rodoviário a Porto Esperança

A estrada terá 10 quilômetros de extensão, desde o trevo com a BR-262, a cerca de quatro quilômetros da ponte sobre o Rio Paraguai, até o centro comunitário

30 Jun 2020 - 08h00Por Portal do MS

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado inicia ainda neste ano a implantação da estrada de acesso ao distrito de Porto Esperança, em Corumbá, tirando do isolamento uma comunidade que surgiu com a chegada dos trilhos da antiga Estrada de Ferro Noroeste do Brasil (NOB) às barrancas do Rio Paraguai, em 1912. A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) autorizou esta semana a execução do projeto técnico da obra.

Situado na beira do rio, o distrito tem forte potencial para o turismo de pesca e ecoturismo, porém a falta de acesso inviabilizou o desenvolvimento do setor e deixou a população (100 famílias) vulnerável, sem opções de emprego e renda e com dificuldades de transporte, que[e feito de lancha até a ponte da rodovia BR-262 (Morrinho). Com a desativação do trem de passageiros, na década de 1990, a região ficou esquecida e abandonada.

“É mais uma obra emblemática do governo para Corumbá e o Pantanal, beneficiando diretamente uma população sofrida, onde as pessoas são privadas do direito de ir e vir e vivem num lugar sem perspectivas de crescimento”, afirmou o deputado estadual Evander Vendramini, autor da proposição que reivindica a importante estrada. “O governador Reinaldo Azambuja assumiu o compromisso e o acesso em breve se tornará uma realidade”, pontuou.

Um novo traçado

A estrada terá 10 quilômetros de extensão, desde o trevo com a BR-262, a cerca de quatro quilômetros da ponte sobre o Rio Paraguai, até o centro comunitário, próxima à antiga estação ferroviária do ramal da ferrovia. Será uma via sobre aterro, devido às enchentes causadas pelo transbordamento do rio, com revestimento de minério de ferro não comercial a ser doado pela mineradora Vale, que tem terminal de embarque da matéria-prima no local.

O diretor de manutenção de estradas da Agesul, Mauro Azambuja, visitou o distrito, ao lado do técnico Ricardo Ximenez, da área de projetos, para discutir com a comunidade um novo traçado da estrada. O antigo acesso, feito pelos moradores, acompanhava o leito do rio e se tornava intransitável em época de cheia. O deputado Evander Vendramini também participou da reunião com a comunidade, reafirmando, na oportunidade, o compromisso do governo com aquela região.

O projeto de engenharia contratado pela Agesul, com prazo de 90 dias para sua conclusão, definirá o novo traçado. “A estrada antiga passava por uma área de várzea e concluímos que era inviável tecnicamente”, informou Mauro Azambuja. Ele explicou que o novo acesso será implantado para garantir acesso o ano todo, cortando o Córrego Mutum, onde uma ponte de madeira desabou, e cruzando a linha férrea, em nível ou sob os pilares da ponte ferroviária.

Um antigo sonho

Segundo a Agesul, a empresa contratada já iniciou os primeiros levantamentos da nova estrada, que atenderá também um novo terminal portuário projetado para a região. O diretor de manutenção de estradas explicou que o minério de ferro usado para revestimento da pista é um produto in natura, aglutinado a outro material, não causando poluição química ao meio ambiente. O minério já é reutilizado pela comunidade nos acessos internos do distrito.

“O acesso é fundamental para aquela gente, que tem no incremento da pesca esportiva a oportunidade de melhorar de vida e criar mais um atrativo turístico para o Estado”, destacou Mauro Azambuja. Para o deputado Evander Vendramini, o governador Reinaldo Azambuja está realizando um sonho acalentado há décadas pelos moradores de Porto Esperança. “Na realidade, será uma obra que vai resgatar a esperança daquele povo”, comentou.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Devido a pandemia, Governo de MS prorroga medidas de apoio aos empresários
AÇÕES DO DEPUTADO BARBOSINHA
Barbosinha ajuda levar asfalto para comunidade indígena na região da Missão Caiuá
100 MÁSCARAS
Bolsonaro veta obrigação do uso de máscara em igrejas e lojas
CONFLITO
Venezuela: operações de segurança deixam 1,3 mil mortos em cinco meses
AÇÕES ONEVAN DE MATOS
Onevan assegura construção de poço artesiano em aldeia de Tacuru
100 AGLOMERAÇÃO
Prefeitura prorroga por mais 10 dias decretos sobre funcionamento do comércio e igrejas em Dourados
HOMENAGEM PÓSTUMA
Barbosinha homenageia Miguel Yoneda médico de Dourados morto pela Covid-19
LICITAÇÃO
Barbosinha celebra licitação para dar início a asfalto na MS-352 entre Terenos e a Ponte do Grego
CREDITO EMERGENCIAS
Linhas de crédito emergenciais devem beneficiar 3 mil pequenos empresários de MS
ELEIÇÕES 2020
Câmara dos Deputados aprova em primeiro turno adiamento das eleições municipais de 2020