Menu
SADER_FULL
segunda, 23 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
Política

Funai tem de parar de “fazer besteiras” e prejudicar a “paz”, diz Puccinelli

23 Dez 2013 - 09h59

O governador André Puccinelli criticou esta manhã a atuação da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Mato Grosso do Sul. “A Funai tem de parar de fazer besteiras e radicalizar. Quando ela não se metia demais, havia paz no campo”, afirmou.

Para ele, a falta de uniformização da ação do governo federal, aí incluída a Funai, prejudica a relação entre fazendeiros e indígenas. “O governo federal tem de ter uma política clara em que brasileiros índios sejam respeitados e os brasileiros não índios também”, defendeu o governante.

André cobrou o governo federal pela promessa não cumprida até hoje de compra das terras invadidas pelos índios em Mato Grosso do Sul. “O governo não cumpriu o prazo, é frustrante”, afirmou o chefe do Executivo, durante entrevista ao Bom Dia MS, da TV Morena.

Lembrou que quando o ministro da Justiça, José Eduardo, esteve em Mato Grosso do Sul se comprometeu a solucionar o problema em 90 dias, tendo tido posteriormente a autorização da presidente Dilma Roussef. Depois disso houve uma prorrogação para o dia 15 de dezembro, que também foi descumprido.

Com essa situação, segundo Puccinelli, fazendeiros e índios não acreditam mais nas promessas do governo federal de solucionar. Puccinelli destacou que o governo do Estado sempre auxiliou o governo federal na busca da solução. “Mandamos gente para auxiliar na avaliação das terras e apesar disso o governo federal não define. Decisão é dele”, declarou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GLÓRIA DE DOURADOS - MESA DEFINIDA
GRUPO FECHADO: Formada mesa para comandar os trabalhos no biênio 2021/2022 em Glória de Dourados
GOVERNO PRESENTE EM DOURADOS
GOVERNO PRESENTE: Obra do acesso do Aeroporto à BR-463 contempla pedido de Barbosinha em Dourados
EDUCAÇÃO NA PANDEMIA
Protocolo de Volta às Aulas da Rede Estadual prevê ensino híbrido em 2021
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Unidades de resgate entregues aos bombeiros são as mais modernas do Brasil, afirmam militares
BLOCO NÃO GANHEI
69 candidatos formam 'bloco do não ganhei' e pedem recontagem em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em nova parceria, Estado e bancada federal entregam unidades de resgate para 05 cidades de MS
EMOÇÃO
Mara Caseiro assume vaga de Onevan de Matos na Assembleia Legislativa
SUB JUDICE
Angélica e mais três cidades de MS ficam sem prefeito eleito e podem ter nova votação
Fachada da Câmara Municipal em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis) - CÂMARA DE CAMPO GRANDE
Em 2021, Câmara de Campo Grande terá 7 "milionários"; veja a lista
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Recorde em 43 anos de MS, Governo vai construir 163 pontes de concreto até 2022