Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 18 de maio de 2021
Busca
AÇÕES DO GOVERNO DE MS

Eduardo Riedel: 'Investimentos em infraestrutura se convertem em renda e emprego'

Governo intensifica investimentos na malha viária e traz renda e desenvolvimento a MS

20 Abr 2021 - 10h33Por FÁTIMA NEWS / REDAÇÃO

Dados da Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja de MS) mostram que a colheita de soja em Mato Grosso do Sul, encerrada recentemente, deve atingir 11,2 milhões de toneladas na safra 2020/21, sendo o maior resultado visto até o momento.

Para otimizar o escoamento de grãos, gerando assim emprego e renda ao Estado e aumento do desempenho produtivo, o Governo do Estado tem ampliado e intensificado os investimentos da malha viária.

De acordo com as informações da Seinfra (Secretaria de Infraestrutura do Estado), atualmente de norte a sul do Estado existem 20 obras em execução, 14 em processo de licitação e 24 homologadas, ou seja, em fase muito próxima de início dos trabalhos, em rodovias e estradas, além de drenagem, entre outros trabalhos na área urbana, nos três primeiros meses de 2021. “Quando falamos nessas obras estamos nos referindo a muitos pontos positivos de desenvolvimento e bem-estar da nossa população”, ressalta o secretário Eduardo Riedel.

Na avaliação de Riedel, com os investimentos em infraestrutura há conquistas que vão da geração de emprego ao aumento do desenvolvimento agroindustrial. “Estamos falando de mais segurança, de redução de custos, de aumento logístico e tudo isso se converte em renda e emprego”.

Com isso os investimentos estimados, no primeiro trimestre, para todo o Estado, é de R$ 617 milhões. Em Chapadão do Sul, onde a colheita está prevista em 400 mil toneladas, há uma expectativa em relação a uma obra que está em processo de licitação.

Com mais de 40 quilômetros de extensão, a obra de implantação e pavimentação asfáltica das rodovias MS-425, MS-229 e MS-320 vai diminuir a distância que hoje é percorrida até o município de Três Lagoas em 50 quilômetros.

“O Governo do Estado tem investido muito, principalmente nas vias antes não pavimentadas, cascalhamento, etc, e isso é muito importante para um município como o nosso que é um polo de produção de soja, milho e cana-de-açúcar. Três Lagoas é um importante parceiro comercial onde há, por exemplo, uma fábrica de óleo de soja, essa obra deverá estimular nossa produção”, reforçou o prefeito municipal, João Carlos Krug.

Com investimento de R$ 4,6 bilhões em infraestrutura desde 2015, o governo estadual fortaleceu e promoveu o desenvolvimento do Estado, na manutenção e pavimentação de rodovias, obras em vias públicas, saneamento básico e construção de pontes de concreto. O planejamento é continuar com as obras até o final de 2022, por intermédio do “Governo Presente”, iniciativa desenvolvida com as demandas dos 79 municípios e assim definiu o pacote de investimentos no valor de R$ 4,2 bilhões, sendo este o foco da gestão do secretário Eduardo Riedel: dar celeridade e colocar em prática os projetos de infraestrutura.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEODÁPOLIS - NOVO DECRETO
Feiras livres, academia, novo toque de recolher e outros, confira o que fica proibido em Deodápolis
RIEDEL AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em reunião com setores, Riedel elenca três pilares para retomada da economia em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Riedel acompanha obras em Dourados, reúne-se com lideranças e ouve demandas da população
AÇÕES DO GOVERNO MS
Itaipu Binacional garante a Reinaldo Azambuja licitação da ponte internacional em julho
AÇÕES DO DEPUTADO BARBOSINHA
Emenda de Barbosinha aperfeiçoa funcionalidade do Cartório Virtual em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Ponte sobre o córrego da Figueira traz segurança a moradores da região do Mané Manco, em Coxim
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Semana foi marcada pelo reforço de 610 policiais civis e militares em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Levantamento da Agraer abriu caminho para entrega de 1,1 mil títulos em assentamentos no MS
PRESIDENTE NO MS
"Não é favor, é missão nossa", diz Bolsonaro em entrega de títulos a assentados de MS
PROTESTOS
Vídeo: visita do presidente tem ato 'fora Bolsonaro' em Campo Grande