Menu
SADER_FULL
segunda, 23 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
política

Deputado defende fim da reeleição no Executivo e 3 mandatos no Legislativo

12 Fev 2014 - 15h58Por Campo Grande News

Com o desejo de uma reforma política no Brasil, o deputado federal Fábio Tard (PMDB-MS) defende o fim da reeleição no Executivo. Para ele, o ideal seria a ampliação dos mandatos de quatro para cinco anos. Já em relação ao Legislativo, o parlamentar acredita que as reeleições devam ocorrem, no máximo, três vezes em todos os níveis da federação.

O deputado defende a busca de medias que corrijam distorções geradas pelo atual modelo político. “É notório que o instituto da reeleição no Executivo desequilibrou a disputa em favor de quem tenta renovar a mandato. Via de regra, usa-se de forma aberta a máquina pública, especificamente na questão da publicidade e propaganda. Cada ação de governo transforma-se em plataforma de promoção de quem pleiteia a reeleição”, observou.

Para Trad, presidente, governadores e prefeitos devem ter mandatos de cinco anos. Dessa forma, eles teriam tempo necessário para iniciar e concluir os projetos e obras prometidos em suas plataformas eleitorais. “É uma loucura que a cada dois anos o país tenha uma eleição. A execução dos projetos fica comprometida, até pelos limites impostos pela legislação eleitoral para a liberação e repasse de recursos”, sustentou.

Legislativo – O parlamentar ainda acredita que em relação ao Legislativo, limitar a quatro o número mandatos para a mesma função “é um mecanismo saudável de oxigenação de ideias e dos quadros políticos com a consequente renovação de métodos, conceitos e concepções da atividade pública delegada pelo voto popular”.

Conforme a assessoria do peemedebista, o desgaste da atividade parlamentar tem muito haver “com as reeleições indefinidas para o legislativo que abriram caminho para se formar uma casta de políticos profissionais. A política não é dos políticos, mas do povo. Não pode ser encarada como profissão”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BLOCO NÃO GANHEI
69 candidatos formam 'bloco do não ganhei' e pedem recontagem em MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em nova parceria, Estado e bancada federal entregam unidades de resgate para 05 cidades de MS
EMOÇÃO
Mara Caseiro assume vaga de Onevan de Matos na Assembleia Legislativa
SUB JUDICE
Angélica e mais três cidades de MS ficam sem prefeito eleito e podem ter nova votação
Fachada da Câmara Municipal em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis) - CÂMARA DE CAMPO GRANDE
Em 2021, Câmara de Campo Grande terá 7 "milionários"; veja a lista
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Recorde em 43 anos de MS, Governo vai construir 163 pontes de concreto até 2022
ROTA BIOCEÂNICA
Avanço em obras no Paraguai e em MS marcam mais uma etapa na consolidação da Rota Bioceânica
GREVE DE FOME
Professores fazem greve de fome por revogação de edital de temporários
VINGANÇA
Prefeito perde eleição e demite 365 funcionários; cidade fica sem médicos especialistas
AÇÕES DEPUTADO EDUARDO ROCHA
Eduardo Rocha propõe Moção à Carlos Marun por destinação de recursos para segurança de MS