Menu
SADER_FULL
sábado, 8 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
mensalão

Contratado por hotel, José Dirceu pede a Barbosa autorização para trabalhar

26 Nov 2013 - 07h00

José Dirceu pediu ao presidente do STF, Joaquim Barbosa, autorização para deixar o presídio da Papuda com o objetivo de realizar “trabalho externo” durante o dia. Apresentou cópia de contrato de trabalho e registro em carteira. Foi admitido como “gerente administrativo” de um hotel de quatro estrelas em Brasília, o St. Peter Hotel.

O pedido de Dirceu foi formalizado na noite desta segunda-feira (25) em petição assinada por seus advogados: José Luís de Oliveira Lima, Camila Torres César e Daniel Kienel. O documento tem quatro folhas. Os defensores do condenado recordam que, por ora, apenas a parte da sentença referente ao crime de corrupção ativa “transitou em julgado”.

Por esse crime, Dirceu foi sentenciado a cumprir pena de 7 anos e 11 meses, em regime inicialmente semiaberto. “Torna-se admissível a realização de trabalho externo, conforme preceitua o artigo 35, parágrafo 2º do Código Penal”, anotam os advogados. Preso em 15 de novembro, Dirceu candidatou-se à gerência do hotel brasiliense três dias depois, em 18 de novembro.

O pedido foi aceito instantaneamente. Os advogados informaram a Joaquim Barbosa que Dirceu já foi inclusive “admitido no quadro de funcionários do referido hotel”. Anexaram à petição cópias do pedido de emprego do preso, do contrato de trabalho e do registro na carteira profissional.

O hotel que empregou Dirceu dedicou-lhe uma compreensão que os presidiários têm dificuldade de encontrar no mercado de trabalho. Aceitou todas as limitações que a condição de preso impõe ao novo empregado. Ao expressar sua absoluta concordância com tudo, a casa de hóspedes chegou mesmo a confundir regime prisional com “regime profissional”.

O empregador de Dirceu anotou no contrato de trabalho que “tem plena ciência e anui com as condições do empregado no sentido de cumprir a atividade laboral, seja no tocante a horário, seja por outra exigência, a qualquer título, relativamente ao regime profissional semiaberto ou outro que seja determinado pelo Poder Judiciário para cumprimento da pena a que foi submetido em razão da condenação na ação penal 470.”

O estabelecimento fica na Quadra 2 do Setor Hoteleiro Sul de Brasília, a poucos minutos da Esplanada dos Ministérios. Dirceu informou ao STF que, na Capital, seu domicílio é a casa da filha. O pedido do ex-ministro da Casa Civil de Lula ainda não foi analisado por Joaquim Barbosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - ELEIÇÕES 2020
Deputado e vereadores do DEM garantem apoio ao pré candidato do MDB em Fátima do Sul
AÇÕES DO GOVERNO DO MS
Servidor de MS tem descontos de 3% a 30% no comércio da Capital para presentear no Dia dos Pais
VICENTINA - PESQUEIRO 7 BELLO
Seguindo todas medidas de prevenção, Pesqueiro 7 Bello volta atividades neste domingo em Vicentina
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo anuncia reconstrução de ponte destruída pelo fogo na Estrada Parque
DEODÁPOLIS - PESQUISA IMPUGNADA
Por risco de manipulação de dados, TRE/MS mantem pesquisa de Sartor impugnada em Deodápolis
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Com investimento de R$ 25 milhões, duplicação da MS-156 começa nas próximas semanas
FÁTIMA DO SUL - EMENDAS DA SENADORA
Entre construção do Corpo de Bombeiros e saúde, Simone já destinou R$ 1,8 milhão para Fátima do Sul
JATEÍ - TRABALHOS RETOMADOS
Reeducandas retomam trabalho de limpeza urbana com adoção de medidas preventivas em Jateí
RETORNO ÀS AULAS EM MS
MS discute estratégias de retorno às aulas presenciais de forma segura
PONTE DE MADEIRA
Fogo 'engole' ponte e Agesul trabalha para liberar tráfego na MS-228