Menu
SADER_FULL
quinta, 25 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
AÇÕES DO GOVERNO DE MS

Conselho do PPI qualifica relicitação das concessões da Malha Oeste e da BR-163

A notícia é positiva para Mato Grosso do Sul e foi comemorada pelo secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck

2 Dez 2020 - 17h18Por João Prestes, Semagro

Em reunião realizada nessa quarta-feira (02) o Conselho do PPI (Programa de Parceria de Investimentos) qualificou os projetos de relicitação das concessões da ferrovia Malha Oeste – que compreende o trecho desde Mairinque (SP) até Corumbá (MS) – e também da rodovia BR-163, trecho de 846 quilômetros atravessando Mato Grosso do Sul de Norte a Sul. A notícia é positiva para Mato Grosso do Sul e foi comemorada pelo secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck, que vem trabalhando para dar andamento nesses processos.

“Reiteramos várias vezes junto ao ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para se chegar a uma solução que permitisse investir em melhorias na Malha Oeste. Primeiro passo foi tentar prorrogar a concessão da Rumo para que a empresa tivesse possibilidade de fazer novos investimentos. E isso só seria possível com a prorrogação, mas a proposta não andou. Em junho, depois de uma reunião que o governador e eu tivemos no Ministério da Integração, a Rumo optou por fazer a devolução da concessão, o que viabiliza a relicitação”, explicou Verruck.

Quando ocorre a devolução de uma concessão, cria-se um processo de relicitação, que é encaminhado para avaliação da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Tanto a devolução da Malha Oeste por parte da Rumo SA e da BR-163 pela CCR-MSVias (as empresas que detém essas concessões) já passaram pela avaliação da ANTT e faltava a aprovação por parte do Conselho do PPI. “Nenhum processo de licitação ou concessão passa sem ser qualificado no PPI”, completa Verruck.

Por essa razão, o Governo do Estado deu especial atenção a esses dois pleitos. “Acompanhei o governador Reinaldo Azambuja em reuniões com a secretária especial Martha Seiller, do Ministério da Economia, pedindo para que esses projetos fossem qualificados. E hoje recebemos essa boa notícia”, comemorou.

Cronograma

O cronograma prevê que a publicação do Edital de relicitação da BR-163 será divulgado no primeiro semestre de 2022 e o leilão acontecerá no segundo semestre daquele ano. Já o edital da relicitação da Malha Oeste será no quarto trimestre de 2022 e o leilão, no primeiro trimestre de 2023.

“Para nós é importante. É longe? Não é longe? Tem que fazer uma série de estudos? O importante é que nós temos aprovada a relicitação e temos o cronograma para isso acontecer. Essa é a notícia fundamental, isso permite que a gente faça uma série de planejamentos. Empresas que têm seus planejamentos já podem considerar em seus portfólios que elas terão, num prazo de quatro, cinco anos, a disponibilidade de uma ferrovia”, pontuou.

O secretário afirma que o Governo do Estado, em parceria com empresas privadas, desenvolveu uma série de estudos sobre a viabilidade da ferrovia. “Nós não temos dúvidas quanto a possibilidade de existência de investidores em decorrência do tamanho da demanda que nós temos em Mato Grosso do Sul. Não temos dúvida que a existência da demanda e de investidores vai culminar numa estrutura extremamente favorável para a concessão ferroviária”, acredita.

Quanto à rodovia BR-163, a CCR-MSVias vai continuar dando a manutenção, mas não fará novos investimentos de duplicação das pistas até que a nova empresa assuma a concessão. Nesse período o pedágio continuará sendo recolhido pela CCR-MSVias.

Na mesma reunião do Conselho do PPI foram qualificados ainda projetos na área de aeroportos, portos e terminais portuários, entre outras áreas. De acordo com comunicado do programa, estão previstos 115 leilões de concessão e privatização para 2021, com expectativa de investimentos de R$ 367 bilhões, número quase 10 vezes maior que o dos 29 leilões de 2020, que têm expectativa de R$ 39 bilhões nos próximos anos. A Carteira do PPI tem, no momento, 201 projetos federais e 15 políticas públicas, além de 48 projetos de apoio a entes subnacionais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO MS
Investimento em saneamento ultrapassa os R$ 5 milhões em Mundo Novo
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS congela pauta fiscal da gasolina e garante economia ao consumidor
Foto: Cyro Clemente - assessoria presidência da Casa AÇÕES DEPUTADO EDUARDO ROCHA
Eduardo Rocha compõe união de esforços para o não fechamento de Frigorífico em Coxim
FOTO: Mariana Anjos - Assessoria deputado Eduardo Rocha AÇÕES DEPUTADO EDUARDO ROCHA
Deputado estadual Eduardo Rocha recebe a visita de três vereadores de Costa Rica
MS EM DESTAQUE
MS é reconhecido por sua política de assistência social e direitos humanos
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS reforça segurança pública e entrega 127 novas viaturas e 590 previsto para 2021
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em entrega de motoniveladoras, governador anuncia mais de mil equipamentos para agricultura familiar
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Reinaldo Azambuja troca secretários para dar mais dinamismo à administração
MINI REFORMA
Comandos da Delegacia Geral e Corpo de Bombeiros mudam em MS
Riedel é considerado o homem forte de Reinaldo Azambuja - Crédito: The Report Company NOVO COMANDO
Riedel assume obras para comandar maior empreita da história de MS