Menu
SADER_FULL
sexta, 7 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
campo grande

Bernal presta depoimento hoje e será julgado até o dia 30 de dezembro

16 Dez 2013 - 07h57Por Mídia Max

O prefeito Alcides Bernal (PP) viverá nesta segunda-feira (16) um dia decisiva para o futuro dele frente à Prefeitura de Campo Grande. Após conseguir adiar por três vezes, o prefeito não deve escapar da oitiva com a Comissão Processante, marcada para as 9 horas de hoje.

O presidente da comissão, Edil Albuquerque (PMDB), confirmou a oitiva, justificando que não há nenhum impedimento jurídico e nenhuma ligação do prefeito, avisando que não vai. A oitiva de Bernal estava marcada para o dia 25 de novembro, mas ele conseguiu derrubar por meio judicial. Após isso, ainda desmarcou duas outras vezes, alegando, primeiramente, incompatibilidade de agenda do advogado, e depois um problema de saúde.

Edil explica que a comissão passou o fim de semana estudando as perguntas a serem feitas ao prefeito para investigar a denúncia feita por Raimundo Nonato e Luiz Pedro Guimarães. Bernal é investigado por suposto favorecimento as empresas Megaserv, Salute e Jagás em contratos firmados com a prefeitura.

Após a oitiva Bernal ainda terá até o dia 23 de dezembro para enviar a comissão uma defesa por escrito. Edil explica que em reunião com a comissão, ficou decidido que o julgamento de Bernal acontecerá no dia 27 ou 30 de dezembro, em data a ser confirmada com o presidente da Câmara, Mário César (PMDB).

Na sessão de julgamento, serão lidas as peças requeridas por qualquer dos vereadores e pelos denunciados, e, a seguir, os que desejarem, poderão manifestar-se verbalmente, pelo tempo máximo de 15 (quinze) minutos cada um. Após pronunciamento dos vereadores, o prefeito ou o procurador terá prazo de duas horas para fazer a defesa oral.

Após a defesa, os vereadores farão a votação nominal, onde Bernal precisará de 10 dos 29 votos para não ser cassado. Concluído o julgamento, o presidente da câmara proclamará imediatamente o resultado e fará lavrar ata que consigne a votação nominal sobre cada infração. Havendo condenação, expedirá um decreto legislativo de cassação do mandato de prefeito. Caso os vereadores absolvam o prefeito, o processo será arquivado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA - PESQUEIRO 7 BELLO
Seguindo todas medidas de prevenção, Pesqueiro 7 Bello volta atividades neste domingo em Vicentina
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo anuncia reconstrução de ponte destruída pelo fogo na Estrada Parque
DEODÁPOLIS - PESQUISA IMPUGNADA
Por risco de manipulação de dados, TRE/MS mantem pesquisa de Sartor impugnada em Deodápolis
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Com investimento de R$ 25 milhões, duplicação da MS-156 começa nas próximas semanas
FÁTIMA DO SUL - EMENDAS DA SENADORA
Entre construção do Corpo de Bombeiros e saúde, Simone já destinou R$ 1,8 milhão para Fátima do Sul
JATEÍ - TRABALHOS RETOMADOS
Reeducandas retomam trabalho de limpeza urbana com adoção de medidas preventivas em Jateí
RETORNO ÀS AULAS EM MS
MS discute estratégias de retorno às aulas presenciais de forma segura
PONTE DE MADEIRA
Fogo 'engole' ponte e Agesul trabalha para liberar tráfego na MS-228
JATEÍ - PESQUISA REGISTRADA
Eraldo tem 71,2%, indica instituto London Pesquisas, veja os números em Jateí
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Polícias e Bombeiros do MS recebem R$ 50 milhões em investimentos do Governo do Estado