Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 25 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
POLÍTICA NA CAPITAL

Bernal desembolsa R$ 300 mil para advogado "salvá-lo" da cassação

Alcides Bernal (PP) pode estar desembolsando em torno de R$ 300 mil para defender seu mandato na Justiça

26 Nov 2013 - 07h25Por Campo Grande News

O prefeito Alcides Bernal (PP) pode estar desembolsando em torno de R$ 300 mil para defender seu mandato na Justiça e na Câmara de Campo Grande. “Tem dois processos sendo defendidos, o da Câmara e o da improbidade administrativa, então deve ser por aí, em torno de R$ 300 mil”, informou um advogado, que foi colega do desembargador aposentado Jesus de Oliveira Sobrinho, contratado pelo progressista.

Apesar do elevado valor, a informação da Prefeitura de Campo Grande é que a despesa não é paga pelos cofres públicos. “Quem contratou foi o cidadão Alcides Bernal”, informou o procurador-geral do Município, Denir Nantes.

Outro advogado consultado pelo Campo Grande News afirmou que o critério de cobrança de honorários é bem variável, dependendo do caso concreto e do currículo do profissional. No caso de um desembargador aposentado, considera que o valor acaba sendo mais elevado. “Tem quem cobra antecipadamente e outros pedem pelo resultado; por exemplo, se eu manter você no cargo quero R$ 500 mil”, apontou.

Formado em Direito no Rio de Janeiro, Jesus de Oliveira Sobrinho tem mais de 42 anos de experiência jurídica. Ele foi aprovado em concurso público para o cargo de juiz de direito em 1969, tendo sido nomeado para a comarca de Cassilândia. Em 1976, foi promovido por merecimento a desembargador do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. Após presidir o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE) no biênio 1981-1982, Sobrinho foi eleito presidente do Tribunal de Justiça do Estado (TJMS) para o biênio 1983-1984. Aposentou-se em 2 de outubro de 1986, passando a exercer a advocacia privada depois disso.

Procurador da Câmara – Quem enfrenta nos processos as argumentações do advogado Jesus e Oliveira Sobrinho e as decisões judiciais é o procurador jurídico André Luiz Pereira da Silva, que tem 10 anos de experiência profissional. André foi contratado para o cargo comissionado em 1º de janeiro deste ano pelo presidente da Câmara, Mario Cesar (PMDB).

A remuneração de procurador jurídico comissionado na Câmara é de R$ 4.614,86, conforme dados publicados no Portal de Transparência da Câmara de Campo Grande, mas pode receber até 200% de gratificação de representação, de acordo com o que preceitua a Resolução n. 937, de 27 de abril de 1995. Questionado sobre sua remuneração, André Luiz preferiu não informar. Caso recebe os 200% de gratificação, totaliza R$ 13,8 mil.

 “Fui nomeado em janeiro como procurador da Câmara, mas acompanho o Mario (Cesar) desde a primeira Legislatura dele”, informou André Luiz, autor dos recursos para que a Comissão Processante da Câmara continue seus trabalhos. André disse que também conta com a ajuda do procurador Fernando Pineis. “Dr. Fernando tem me ajudado de forma muito ímpar. Ele tem visão muito boa”, elogiou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS EM DESTAQUE
MS é reconhecido por sua política de assistência social e direitos humanos
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS reforça segurança pública e entrega 127 novas viaturas e 590 previsto para 2021
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em entrega de motoniveladoras, governador anuncia mais de mil equipamentos para agricultura familiar
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Reinaldo Azambuja troca secretários para dar mais dinamismo à administração
MINI REFORMA
Comandos da Delegacia Geral e Corpo de Bombeiros mudam em MS
Riedel é considerado o homem forte de Reinaldo Azambuja - Crédito: The Report Company NOVO COMANDO
Riedel assume obras para comandar maior empreita da história de MS
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Obra do HR de Dourados avança e população já comemora ampliação de leitos para região
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS entrega 28 motoniveladoras e 127 viaturas nesta segunda-feira
AÇÕES DO GOVERNO MS
Governo do Estado amplia benefícios e garante competitividade do setor atacadista no MS
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com mais de 200 Km da rodovia, operação tapa-buraco na MS-040 deve terminar na próxima semana