Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 25 de setembro de 2021
Busca
AÇÕES DEPUTADA MARA CASEIRO

Agosto Lilás: Deputada Mara aborda representatividade feminina na política

A deputada estadual Mara Caseiro (PSDB), líder do Governo na Casa de Leis

4 Ago 2021 - 11h12Por Tavane Ferraresi / Assessoria

A deputada estadual Mara Caseiro (PSDB), líder do Governo na Casa de Leis, defendeu a representatividade feminina nas casas legislativas nesta manhã (3), na tribuna virtual. “No mês que fazemos o enfrentamento à violência doméstica contra as mulheres, o Agosto Lilás, também entro em um assunto muito importante para que a mulher seja protagonista das decisões de sua vida, em sua casa, no trabalho e em seu País, a representativdade política”, relatou.

A parlamentar fez um apelo aos deputados e deputadas federais para a aprovação de um projeto que tramita na Câmara Federal, que trata do percentual mínimo de mulheres nas casas legislativas. “Temos que promover a desigualdade entre os desiguais, espero que seja aprovado o projeto que altera a Lei 9504/1997, que prevê percentual mínimo de candidaturas para sexo, e traz então a obrigatoriedade dos assentos femininos nas casas legislativas. Precisamos sair do discurso e ir para a prática. Que seja aprovada esta lei e feita a justiça no Brasil”, ressaltou Mara Caseiro.MARA CASEIRO

Agosto Lilás

A parlamentar ainda disse que é necessário sim buscar o empoderamento da mulher. “Precisamos tentar diminuir esse olhar machista quando a mulher toma suas próprias decisões. E eu entendo que as pessoa falam que é maçante e cansativo falar desse assunto, mas ainda precisa ser debatido e esclarecido com a sociedade”, considerou.

Durante a sessão, a deputado Mara Caseiro solicitou a análise pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) do Projeto de Lei 169/2021, de sua autoria, ainda durante esse mês. A matéria institui o Programa de Cooperação e Código “Sinal Vermelho”, como mecanismo de pedido de socorro e auxílio às mulheres em situação de violência doméstica ou familiar. “Vamos juntos combater esse câncer que é a violência contra as mulheres”, informou a parlamentar.

Paulo Corrêa acredita em divisão igualitária de vagas no Legislativo

O deputado e presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), Paulo Corrêa (PSDB), acredita o percentual de vagas distribuídas nos legislativos deveria ser igualitário.  “Eu sou a favor de que a cota fosse de 50% para mulheres, assim venceria quem tivesse mais votos”, explicou.

O deputado Evander Vendramini (PP) soma esforços no combate à violência contra as mulheres. “Soube que a lei do sinal vermelho foi vetada em alguns municípios, um absurdo. Todas as mulheres merecem respeito e a senhora é uma legítima representante. Devemos fazer a diferença, o resgate e combater a discriminação e a perseguição contra as mulheres”, frisou.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Davi Nunes Souza, Agehab AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Sorteio define futuros moradores de empreendimento habitacional em Pedro Gomes
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Agepan amplia o monitoramento do serviço de energia para 70 mil clientes em municípios atendidos
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Estado já tem 1.688 barragens regularizadas junto ao Imasul, maioria de pequeno porte
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com ministro, Flávio César participa de entrega de 256 apartamentos e anuncia novos projetos
Foto: Paulo Pinto/Fotos Públicas/Arquivo LOTERIAL A RETOMADA
Governo sanciona lei que permite retomada da loteria de Mato Grosso do Sul
VEREADOR DIEGO CARCARÁ FÁTIMA DO SUL - NA CÂMARA
Diego pede reajuste na remuneração dos estagiários que atuam na área de pedagogia a partir de 2022
DEPUTADA MARA CASEIRO
Mara Caseiro participa e destaca entrega de cartões do 'Mais Social' e cestas básicas, Veja Fotos
ENERGIA MAIS BARATA
Reinaldo Azambuja sanciona lei que reduz ICMS da energia elétrica para 1 milhão de unidades consumo
MS EM DESTAQUE
MS é case de sucesso na busca por oferta de energia, 1º do País identificar potenciais hidrelét
DEPUTADA MARA CASEIRO AÇÕES DEPUTADA MARA CASEIRO
Mara Caseiro solicita veículo para transporte de pacientes de Pedro Gomes que realizam hemodiálise