Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 3 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
eleições em MS

Agentes públicos que vão disputar eleições devem deixar cargos até sábado

3 Abr 2014 - 18h05Por Conjuntura
O prazo de desincompatibilização para agentes públicos que pretendem concorrer a um cargo eletivo nas eleições de outubro termina no sábado (5), seis meses antes do primeiro turno das eleições. 
 
No entanto, algumas autoridades podem deixar as funções antes para evitar dúvidas sobre o cumprimento do prazo, pelo fato de se tratar de um fim de semana.
 
A regra está prevista na Lei de Inelegibilidades (Lei Complementar nº 64/1990), que estabelece os prazos para que agentes públicos deixem o governo para não ficarem inelegíveis.
 
De acordo com a lei, além de ministros de Estado e magistrados, presidentes, diretores e superintendentes de empresas públicas, bem como chefes de órgãos que fazem assessoramento direto, devem pedir exenoração nesse prazo. Candidatos à reeleição para os cargos de governador e presidente da República não precisam deixar o cargo.
 
As demais regras eleitorais para a administração pública já estão valendo. O governo está proibido de distribuir bens, valores e benefícios, exceto em casos de calamidade pública e de programas sociais previstos em lei. A partir de amanhã (4), é proibido aumentar salários de servidores públicos, bem como repor perdas causadas pela inflação.
 
Em maio, começam a valer os prazos para os eleitores: 7 de maio é o último dia para pedir transferência do título de eleitor para outra cidade, para alterar o endereço no cadastro eleitoral e para pessoas com deficiência pedirem acesso a seções especiais de votação.
 
As convenções partidárias para escolha dos candidatos e definição das coligações estarão autorizadas de 10 a 30 de junho. 
 
Os partidos terão de definir seus representantes para concorrer aos cargos de presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador, senador e respectivos suplentes e deputados federal, estadual e distrital.
 
A propaganda eleitoral, nas ruas e na internet, será liberada no dia 6 de julho e a campanha, no rádio e na televisão, começará no dia 19 de agosto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVOS PRAZOS
Detran-MS alerta para retomada de prazos que estavam suspensos por conta da pandemia
NOTA PREMIADA MS
No combate à sonegação fiscal, Nota MS Premida distribui R$ 3 milhões em prêmios
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Conselho do PPI qualifica relicitação das concessões da Malha Oeste e da BR-163
128177839_3626238317444161_664616014474920901_o AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Reinaldo Azambuja destaca realização do sonho da casa própria para cerca de 23 mil famílias de MS
PRORROGADO
Deputado Barbosinha articula com governo e consegue prorrogar validade do concurso da Agepen
VALORIZAÇÃO
Com 13º integral pela primeira vez, professora da REE agradece pela valorização dos convocados em MS
EM BRASÍLIA
Em Brasília, Reinaldo Azambuja pede inclusão de rodovia Sul-fronteira no Orçamento da União
GESTÃO EFICIENTE
Com gestão eficiente, Governo paga 13° salário dos servidores nesta terça-feira
VICENTINA - SICREDI CHEGOU!
Inauguração do Sicredi é mais um passo dado no caminho do desenvolvimento, diz prefeito de Vicentina
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo publica Decreto e institui programa para desenvolver e fortalecer o cooperativismo em MS