Menu
SADER_FULL
terça, 25 de janeiro de 2022
Busca
AÇÕES DO GOVERNO MS

Visando sustentabilidade das carreiras, Estado moderniza legislação da PM e BM

Pela proposta, só poderão ingressar no Corpo de Bombeiros Militar e na Polícia Militar brasileiros com graduação de nível superior completo, após concurso público. Antes, apenas o ensino médio era exigido.

28 Nov 2021 - 07h27Por Portal do MS

Em benefício de bombeiros militares e policiais militares, novos projetos de lei do Governo do Estado que passaram a tramitar na Assembleia Legislativa na semana passada promovem adequações no Estatuto dos Militares de Mato Grosso do Sul e no sistema remuneratório das carreiras. Estruturados pelo Estado, os projetos tiveram aval do movimento sindical.

Pela proposta, só poderão ingressar no Corpo de Bombeiros Militar e na Polícia Militar brasileiros com graduação de nível superior completo, após concurso público. Antes, apenas o ensino médio era exigido.

Também haverá alteração de critérios e requisitos de acesso do soldado à graduação de cabo e de cabo à graduação de 3º sargento, mediante aprovação nos respectivos cursos de formação e preenchimento de interstícios mínimos.

O ingresso no Curso de Formação de Cabos será por seleção interna pelos critérios de mérito intelectual (20%) e antiguidade (80%). Pelo critério de antiguidade, o interstício mínimo será de 7 anos de serviço na graduação de soldado. Já pelo critério de mérito intelectual, de 4 anos.

O acesso do cabo à graduação de 3º sargento será por meio do Curso de Formação de Sargentos, respeitando critérios de mérito intelectual (20%) e antiguidade (80%). Pelo critério de antiguidade, o interstício mínimo será de 5 anos. Pelo mérito intelectual, de 3 anos.

Além disso, para promoção, o tempo mínimo de permanência em cada posto será nas seguintes condições:

Praças: soldado, 7 anos; cabo, 5 anos.

Oficiais: aspirante a oficial, 6 meses; segundo-tenente, 36 meses; primeiro-tenente, 48 meses; capitão, 60 meses; major, 60 meses; e tenente-coronel, 72 meses.

Segundo a Secretaria de Administração e Desburocratização, o aumento no tempo das promoções ao final das negociações com as categorias se deu em razão da necessidade de criação de uma regra de transição das carreiras e para não prejudicar o transcurso dos processos de interstício da PM e BM para as próximas promoções. Mudanças estas que visam não apenas a sustentabilidade das carreiras, mas também avanços e a adequação e modernização da legislação.

Para o governador Reinaldo Azambuja, os projetos foram ajustados conforme pedidos das categorias. “Adequamos o que era possível sem ferir a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) e o equilíbrio fiscal do Estado. Chegamos a um denominador comum", destacou.

Para as novas regras valerem, os deputados precisam aprovar o projeto ainda neste ano. Pela projeção da SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização), as novas regras devem valer a partir de 1º de janeiro de 2022.

Bruno Chaves, Subcom

Foto: Arquivo

Leia Também

PLANTÃO POLICIAL CASO DE POLÍCIA
Mulher tenta matar marido com facadas no peito após sofrer humilhações por anos
Rua Vaz de Caminha, no Noroeste, onde fica casa onde crime ocorreu. (Foto: Google Maps)  CRIME NA CAPITAL
Mulher alega ser humilhada há dez anos e esfaqueia o marido em MS
Família abre caixão e encontra corpo de outra pessoa com roupas e peruca da vítima
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Mãe vê partes íntimas vermelha, pergunta e filha de 2 anos aponta paro o tio
ASSASSINATO
Assassino diz que matou mulher após sexo em Bandeirantes
Cb image default Imagens: Márcio Rogério / Nova News - Redes Sociais NOVA ANDRADINA - MORTE A ESCLARECER
Corpo de ciclista tinha sinais de violência, ela saiu de casa para pedalar e foi encontrada morta
BRIGAS
Briga por dinheiro termina com um esfaqueado e mulher apedrejada em MS
PLANTÃO DEU RUIM
Marido abandona mulher em bar, ela volta de carona em viatura da PM e ele acaba preso em MS
TRISTE DE VER
LAMENTÁVEL: Pintado e Jaú são retirados de redes já podres pesando 40Kg em rio de MS
Divulgação MORTE A ESCLARECER
Desaparecida há 3 dias, mulher é encontrada morta em fossa