Menu
SADER_FULL
terça, 11 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
TRAGÉDIA AÉREA

Tragédia matou Marcela e Maysa, filhas do homem que abriu a comunicação de MS

O acidente aéreo ocorrido em Maraú, no sul da Bahia, na tarde de quinta-feira (14), matou a jornalista Marcela Brandão Elias e a irmã, Maysa Marques Mussi.

18 Nov 2019 - 18h41Por Topmidia News

O acidente aéreo ocorrido em Maraú, no sul da Bahia, na tarde de quinta-feira (14), matou a jornalista Marcela Brandão Elias e a irmã, Maysa Marques Mussi. Elas são filhas de Orlando Marques, homem com importância vital para a comunicação de Mato Grosso do Sul.

Orlando foi um dos responsáveis por abrir a ‘praça’ de comunicação no Estado no começo dos anos 2000, em especial a comunicação visual externa – como outdoors, frente à um monopólio estabelecido.

“É uma tristeza receber uma notícia dessa, de um senhor digno e de altíssimo nível como o Orlando Marques perder as duas filhas de uma forma tão trágica, inimaginável essa dor”, lamentou Marcos Reis, Diretor Geral do Grupo TopMídia. Orlando e Marcos estabeleceram uma importante relação profissional.

Formada em Jornalismo, Marcela trabalhava em uma assessoria de imprensa especializada em moda, beleza e cultura em São Paulo. Nome frequente nas colunas sociais de jornais e sites, Marcela Brandão Elias tinha 37 anos e era mãe de um garoto de 6 anos. A notícia de sua morte chocou amigos e colegas de profissão. 

(Orlando, pai das irmãs, importante nome na história de MS / foto: divulgação)

Já Maysa, 27, havia se casado há pouco tempo com Eduardo Mussi, em setembro deste ano, no sul da Bahia. O marido dela está internado no Hospital Geral do Estado. Ele é irmão do deputado federal licenciado Guilherme Mussi. Entre os padrinhos do casamento de Maysa e Eduardo estavam a atriz Marina Ruy Barbosa e o marido, o empresário e piloto da Stock Car, Alexandre Negrão. 

O pai das duas, conceituado publicitário Orlando Marques, é ex-presidente da Associação Brasileira das Agências de Publicidade e atual chairman da Kantar Ibope, a empresa que afere a audiência da TV e realiza pesquisas de intenção de votos nas eleições.

TRAGÉDIA
O avião bimotor Cessna 550 transportava amigos e parentes para um final de semana na Bahia. A bordo estavam: Eduardo Trajano Elias (filho da Lucila e do Jorge, o viúvo), Marcela Brandão Elias (vítima fatal) o filho deles, Eduardo Brandão, de 6 anos, Tuka Rocha (ex piloto de stockcar, também faleceu), Maysa Mussi, Eduardo Mussi, Cristiano Rocha, Marcelo Constantino Alves, Marie Cavelan, Fernando Oliveira e o piloto da aeronave, Aires Napoleão Guerra.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SEQUESTRO
Pai é morto pela polícia ao ameaçar matar filha de três anos em milharal
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mãe vai à igreja e filho de 21 anos estupra irmã de 8
SURTO DA MACHADINHA
Empresário acusado de ameaçar prefeito 'peita' policiais penais e leva três tiros
AMEAÇAS DE MORTE
Empresário agride segurança e tenta invadir casa do prefeito
SOB INVESTIGAÇÃO
Criança morre em Dourados após passar mal e polícia investiga caso
BRIGA DE CASAL
Antes de ser atropelado e morto a facadas, ‘Mil Graus’ teria tentado separar briga de casal em MS
ENCONTRADA
Adolescente sumida por três dias é achada em cidade vizinha, diz família de Nova Andradina
EXECUÇÃO
Ex-lutador de MMA é executado enquanto bebe com mulher na frente de casa em MS
FÁTIMA DO SUL - LUTO
Vítima de acidente não resiste e morre, Cida Lima era professora da REME de Fátima do Sul
CRUELDADE
Menino ficava de castigo por até nove horas ajoelhado em grãos de trigo