Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 25 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
RIO BRILHANTE

Supermercados que vendiam produtos vencidos desde 2017 são autuados pelo Procon

Além de produtos vencidos, também conhecidos, produtos sem informações, embalagens violadas e mercadoria reetiquetada.

5 Out 2020 - 16h10Por Correio do Estado

Os Supermercados em Rio Brilhante foram autuados na última sexta-feira (2) pelo Procon Municipal, em parceria com o Procon Estadual, após constatarem que os equipamentos vendiam produtos específicos para consumo, alguns vencidos em 2017.

As denúncias realizadas por moradores eram de insatisfação com as condições de atendimento nas unidades. As irregularidades vão desde produtos com validade vencida, até embalagens amassadas, rompidas ou violadas.

No primeiro estabelecimento fiscalizado, o Mais Você Supermercado, havia produtos vencidos há 3 anos, como lenços e tinta para tecidos.

Também estavam vencidos cafés em pó, tempero completo, fraldas, presunto fatiado, achocolatado, cervejas e refrigerantes, farinhas diversas, macarrão, fubá de milho e lenços umedecidos.

Em relação à falta de informações essenciais ao consumidor, foram encontrados fraldas, chocolate líquido e coco ralado. Com embalagens danificadas, amassadas ou rompidas, ou mercado comercializava unidades de fécula e farinha de mandioca.

Além disso, vários produtos apresentavam divergência em relação aos preços expostos nas gôndolas e os cobrados nas caixas.

Na segunda rede autuada, o supermercado Pires, as irregularidades foram parecidas, entre os produtos vencidos foram encontrados, amendoim tipo japonês, massa fresca, biscoitos de nata achocolatados e polidor para sapatos.

Expostos à venda sem conter informações essenciais, estavam aerossóis, repelentes de insetos, cortes de frango e iogurte.

Com embalagens amassadas ou violadas, o estabelecimento vendia cervejas, refrigerantes, pele suína (pururuca), pizzas, frangos e peixes congelados, e unidades de carne de sol reetiquetadas.

Além disso, a fiscalização observou o descumprimento de preços anunciados em produtos como ofertas, produtos sem precificação e divergência nos preços expostos nas gôndolas e nos caixas.

Todos os produtos encontrados nas condições, nas duas redes, foram descartados pelos funcionários dos supermercados, com a presença dos fiscais do Procon-MS.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Jovem desaparece com namorado e família faz buscas em Aquidauana
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Idoso invade barraco e abusa de criança de 11 anos em Maracaju
ABUSO SEXUAL
Esposa de pastor sabia de abusos sexuais contra fiel no Macaúbas; igreja é fechada em MS
TENTATIVA DE LATROCINIO
Major aposentado do Exército é baleado por assaltantes em Campo Grande
ENCONTRADA
Jovem de Glória de Dourados que estava desaparecida procura por atendimento no hospital de Itaporã
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS reforça segurança pública e entrega 127 novas viaturas e 590 previsto para 2021
ENCONTRADA
Professora que desapareceu em Campo Grande ao sair para almoço de família é encontrada
SONAMBULA
Fisioterapeuta cai de janela de hotel após crise de sonambulismo
REPORTAGEM DO FANTÁSTICO
Delegada trocava favores e falava informalmente com Padre Robson: 'oi, sumido'
CRIME PASSIONAL
Corpo encontrado sem cabeça em MS, é identificado pela mãe graças a tatuagem