Menu
SADER_FULL
domingo, 29 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
campo grande - caso Erlon

Reconstituição: Erlon é morto com um tiro de surpresa na nuca na casa de adolescente

23 Abr 2014 - 14h35Por Mídia Max

Ao parar com o Golf em frente da casa da adolescente de 17 anos, que fica na Rua Rio Grande, no bairro São Jorge da Lagoa, região sudoeste de Campo Grande, Erlon Peterson Pereira Bernal, de 32 anos, e Thiago Henrique Ribeiro, de 21 anos, desceram do veículo e seguiram até o imóvel. Onde foram atendidos pela jovem. 

 
Ela cumprimentava os dois, Erlon e Thiago, o comparsa da quadrilha, Rafael Diogo, o ‘Tartaruga”, de 21 anos, saiu do imóvel em direção dos dois, e também o cumprimentou. Eles seguiram para a varanda da casa, onde ficou sentado Erlon, a adolescente e Rafael. 
 
Enquanto isso, Thiago entrou no imóvel e em seguida, saiu armado com o revólver calibre 38. Ele deu um tiro na nuca da vítima de surpresa. Erlon caiu pra trás com a cadeira. 
 
Thiago tirou a cadeira debaixo da vítima e juntos carregaram o corpo de Erlon até o buraco preparado ao lado da fossa da casa. Com o rastelo, eles disfarçaram o local do assassinato, já que a varanda não tem piso. 
 
Em seguida, Thiago, Rafael e a adolescente cobriram o corpo da vítima com resto de lixo e material recicláveis que estavam no quintal do imóvel. 
 
SÃO JORGE DA LAGOA 
 
Do local de encontro até a casa adolescente, o empresário Erlon Peterson Pereira Bernal, de 32 anos, teria demorado aproximadamente 20 minutos. O veículo Golf, onde está o policial e o suspeito Thiago Henrique Ribeiro, de 21 anos, chegou a pouco na casa da adolescente de 17 anos, no Bairro São Jorge da Lagoa – região sudoeste de Campo Grande. 
 
O trajeto feita vítima ao sair de frente a fábrica de refrigerantes, na Guri Marques, local onde Thiago trabalho foi: Avenida Interlangos, Manoel da Costa Lima, Ganter Hans, Dantas (no bairro Tijuca), Souto Maior e Rio Grande, local onde a adolescente morava no Bairro São Jorge da Lagoa, região sudoeste de Campo Grande. 
 
Eles pararam o veículo em frente a casa da jovem e ficaram por um tempo no carro. Já dentro do imóvel, estão Rafael Diogo, conhecido como “Tartaruga”, de 21 anos, e a adolescente de 17 anos. Neste momento começa a segunda parte da simulação dos fatos. 
 
RECONSTITUIÇÃO 
 
Na primeira parte da reconstituição do roubo seguido de morte do empresário Erlon, foi em frente à fábrica de refrigerante na Avenida Guri Marques, local onde Thiago trabalhava. No local, eles olharam o Golf da vítima que estava à venda em um site da internet e o suspeito convenceu o empresário a ir até a casa da jovem de 17 anos, Bairro São Jorge da Lagoa – região sudoeste de Campo Grande, alegando que era a tia dele, uma interessada na compra do veículo. 
 
A delegada titular da Defurv (Delegacia especializada de Furtos e Roubos de Veículos) e responsável pelas investigações, Maria de Lourdes Souza Cano, demais policiais civis e peritos criminais do Imol (Instituto Médico-Odontológico Legal) acompanham a simulação dos fatos. 
 
De acordo com a investigação, os envolvidos no crime são: Thiago Henrique Ribeiro, de 21 anos, que trabalha em uma fábrica de refrigerantes na saída para São Paulo, o pedreiro Jeferson dos Santos Souza, de 21 anos, Rafael Diogo, conhecido como “Tartaruga”, de 21 anos, empregado de uma lavanderia de hospital, e o funileiro Athaíde Pereira, de 50 anos. Além de uma adolescente de 17 anos, que teve a identificação preservada, conforme prevê o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

 

 

Gerson Walber
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FESTONA NA PANDEMIA
Guarda Municipal acaba com 'festona' em flagrante com 119 adolescentes em MS
SEGURANÇA NO FIM DE ANO
Segurança no Estado durante as festas de fim de ano terá mais de 2 mil policiais nas ruas em MS
NOTÍCIA TRISTE
NÃO DEU TEMPO: 'Ceará' morre na véspera de encontro com os filhos que não via há 23 anos
FORÇA TÁTICA DE FÁTIMA DO SUL
Força Tática de Fátima do Sul apreende mais de 100 quilos de maconha
TRAGEDIA NA RODOVIA
Acidente entre ônibus e caminhão matou 41 pessoas
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Mãe e Bebê de dois meses morrem após carro bater em coqueiro em Bonito (MS)
DISPARO ACIDENTAL
Quando colhia castanhas, Índia de 14 anos é morta com tiro disparado pelo próprio marido
COISA DE FILME DE TERROR
Vizinhos de massagista estão em choque com crueldade do crime em cidade do MS
TRAGEDIA NA RODOVIA
Violento acidente entre ônibus e caminhão em rodovia provoca 22 mortes
BARBÁRIE
Chargista é esquartejado e corpo colocado em malas