Menu
SADER_FULL
segunda, 23 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
violência sem fim

Professor é morto após levar tiro de suposto garoto de 11 anos

Ele teria reagido a uma tentativa de assalto

5 Mai 2014 - 07h52Por Correio Braziliense

Um professor foi morto durante uma suposta tentativa de assalto na Vila Vicentina, em Planaltina, na manhã de sábado (3/5). Segundo testemunhas, ele teria sido abordado por um garoto que não aparentava ter mais do que 11 anos, e pretendia levar a bicicleta e o celular de Guilherme Moura de Jesus. Ao reagir, ele levou um tiro na cabeça. A ocorrência foi registrada na 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina).

Enterro
Ex-professor de 130 alunos, Guilherme Moura de Jesus, morador de Planaltina, será enterrado às 10h da manhã desta segunda-feira (5/5), com direto à ampla manifestação de parte da população local. Em um protesto prometido após o velório e o enterro do professor -- recentemente aprovado em concurso da Polícia Militar de Florianópolis --, a indignação deve transparecer, especialmente pelas circunstâncias da morte do profissional conhecido pela postura sempre pacífica. Ele morreu no domingo (4/5), quando já estava no Hospital de Base, depois de inicialmente ter sido atendido no Hospital de Planaltina.

Vivendo no Brasil há seis anos, o coordenador do curso em que Guilherme trabalhava, Álvaro Manuel da Silva, comenta que a mobilização de hoje tem como objetivo a garantia de que a "polícia consiga fazer o trabalho dela e que a morte do Guilherme não seja mais uma, em meio à impunidade que ocasiona estes crimes". Formado em filosofia, Álvaro conta que, na Guiné-Bissau, crimes como esses não são comuns, já que há "violência envolta em questão política". "Lá, assim como na Nigéria e em Gana, os jovens passam o dia na escola e dificilmente são vistos nas ruas, durante o dia. É o tipo de medida que faz a diferença: quem dá a noção do certo e do errado é justamente a educação", reforça.

Guilherme Moura de Jesus tinha sido aprovado para trabalhar como policial militar (Arquivo Pessoal)  
Guilherme Moura de Jesus tinha sido aprovado para trabalhar como policial militar

Deixe seu Comentário

Leia Também

LIGAÇÃO FATAL
Mulher dirige falando no celular, capota carro e morre
ASSASSINATO
Policia persegue e apreende menor que matou líder do PC do B em assentamento
TRISTEZA NA FAMILIA
Menino de 4 anos morre após quebrar o pescoço durante brincadeira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Unidades de resgate entregues aos bombeiros são as mais modernas do Brasil, afirmam militares
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em nova parceria, Estado e bancada federal entregam unidades de resgate para 05 cidades de MS
ACIDENTE FATAL
Homem é atropelado duas vezes na estrada e tem cabeça esmagada em Dourados
Carro ficou destruído após colisão com ônibus (Foto: Simão Nogueira) ACIDENTE FATAL
Motorista de aplicativo morre ao bater em ônibus em MS
GREVE DE FOME
Professores fazem greve de fome por revogação de edital de temporários
SUPER HERÓI
Vizinho quebra grade de janela e salva bebê de incêndio
TRAGÉDIA NA PISTA
Bebê de 2 meses e avô morrem em batida com caminhonete