Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 30 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
DEEP CAUGTH

Professor de Direito é preso em operação contra a pedofilia na internet em MS

Quatro pessoas foram presas ontem (29), durante a Operação Deep Caugth que combate o abuso e a exploração sexual de crianças a adolescentes na internet.

30 Out 2020 - 08h30Por Campo Grande News

Quatro pessoas foram presas hoje (29), durante a Operação Deep Caugth que combate o abuso e a exploração sexual de crianças a adolescentes na internet.

A ação aconteceu em Campo Grande e entre os presos está um homem de 35 anos, que é policial militar, e atua como advogado de forma ilegal, e até daria aulas de Direito em uma universidade da capital.

Segundo o Campo Grande News, a prisão aconteceu no bairro Bom Jardim, e com ele, foram apreendidos material pornográfico e uma arma de fogo sem registro.

Apesar de ser PM, ele está afastado das funções na Corporação para tratar de interesse pessoal.

A irregularidade quanto ao fato dele atuar como advogado, se deve ao fato de que, tanto para a Polícia Militar, quanto para a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), o homem só poderia advogar se fosse policial da reserva, isto é, aposentado.

Uma das suspeitas é que ele tenha feito a carteira da Ordem dos Advogados sem informar que é servidor público da segurança. A seção de Mato Grosso do Sul da OAB informou que vai analisar a situação do advogado, que tem registro profissional emitido recentemente, conforme o número.

Ainda conforme o site, no portal da transparência, a informação é que ele recebeu os salários do governo normalmente até o ano passado. O tipo de licença tirada por ele normalmente é sem remuneração.

Outros presos

Também foram presos na Deep Caugth um sargento do Exército de 37 anos, no Lar do Trabalhador, um empresário também de 37 anos, no Vilas Boas, e um auxiliar contábil, de 34 anos, no São Francisco. O empresário também estava em posse de arma de fogo, de calibre 38, sem registro, como informado.

A ação foi desenvolvida pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). Foram seis meses de investigação até que a operação fosse desencadeada.

Os investigadores chegaram aos alvos durante rondas cotidianas na deep web, como é chamada a parte obscura da internet.

Foram apreendidos 202 gigas de materiais pornográficos com os presos. O conteúdo será encaminhado para a perícia para instruir o inquérito. As prisões foram em flagrante.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CNH EM 2021
Confira as 9 multas que não vão mais gerar pontos na CNH em 2021
Imagem retirada das redes sociais do Osvaldinho Duarte / Dourados News FORTE ACIDENTE
Colisão frontal deixa uma pessoa morta e duas gravemente feridas entre Dourados e Fátima do Sul
AGLOMERAÇÃO
VÍDEO: Guarda encerra festa em chácara com mais de 350 pessoas
TRAGEDIA NA RODOVIA
Pedi força a Deus, diz PM que atendeu ocorrência de acidente que matou a própria filha
ASSASSINATO
Ex liga para mulher dizendo que vai até a casa buscar documento da filha e mata atual namorado dela
ACIDENTE FATAL
Batida frontal entre carro e carreta mata jovem em Ivinhema
FESTONA NA PANDEMIA
Guarda Municipal acaba com 'festona' em flagrante com 119 adolescentes em MS
SEGURANÇA NO FIM DE ANO
Segurança no Estado durante as festas de fim de ano terá mais de 2 mil policiais nas ruas em MS
NOTÍCIA TRISTE
NÃO DEU TEMPO: 'Ceará' morre na véspera de encontro com os filhos que não via há 23 anos
FORÇA TÁTICA DE FÁTIMA DO SUL
Força Tática de Fátima do Sul apreende mais de 100 quilos de maconha